Partido Moderado (Espanha)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Partido Moderado era a principal organização política liberal espanhola durante o reinado de Isabel II, no século XIX, nascida em 1834 sob a presidência governamental de Francisco Martínez de la Rosa.

Os seus principais ideais eram:

  • Fortalecimento de poder real.
  • Capitalismo puro
  • Paz interna nacional
  • Centralismo total, situado em Madrid.

Durante a sua existência teve o apóio do exército, a burguesia, os terratenentes e as classes médias em parte (a chamadas "pessoas de ordem").

Uma vez derrotado o carlismo, alguns dos seus membros mais moderados e condescendentes incorporaram-se ao partido.

Após a revolução de 1868, e a constituição de 1869 não obteve representação nas novas cortes, e perdeu todo o seu poder.

Após a restauração da monarquia em 1874, uniu-se com a União Liberal para formar o Partido Conservador, sob a direção de Cánovas del Castillo.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • CÁNOVAS SÁNCHEZ, Francisco; JOVER ZAMORA, José María: El Partido Moderado, Centro de Estudios Constitucionales, 1982. ISBN 84-259-0665-2
  • CÁNOVAS SÁNCHEZ, Francisco: Los generales y el Partido Moderado (1843-1854)]: contribución al estudio de un problema básico de la época isabelina. Revista da Universidade Complutense, ISSN 0210-7872, Nº. 116, 1979; pp. 105-122