Pisco (bebida)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Pisco (licor))
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde julho de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.
Pisco do Peru
Pisco do Peru
Pisco do Chile

Pisco é o nome de duas variedades diferentes de aguardente de uva, produzidas no Peru e no Chile . É baseado fundamentalmente na destilação do mosto proveniente de uvas. Trata-se de um termo pre-hispânico (quechua) cuja origem remonta-se à "Villa de Pisco" atualmente localizada no litoral do Peru, nome quechua que significa "ave" ou "pássaro", foi fundada en 1640, nas imediações do assentamento indígena do mesmo nome.

Existe uma diferença histórica entre o Peru e o Chile sobre a exclusividade de usar o nome. Enquanto o Peru defende que é uma denominação de origem (similar a Champagne, por exemplo) qual somente pode usar o termo "pisco" aquele produzido no Peru, o Chile discute que é um nome genérico (como vinho ou uísque).

História[editar | editar código-fonte]

Desde meados do seculo XVI (1574)[carece de fontes?], os espanhóis começaram a utilizar o nome Pisco quando os monges da costa intensificaram a produção do aguardente de uva peruano, produto que rapidamente se converteu numa bebida popular por suas características muito particulares como o fato de ser incolor e de ter um alto grau alcóolico.

Existe outra variante de pisco produzida no Chile, porém o processo de destilação, componentes e grau alcóolico são diferentes, não correspondendo à qualidade do pisco produzido no Peru.

Para o pisco do Peru as variedades de uvas principalmente utilizadas são as denominadas Quebranta, Uvina, Mollar e Negra para os piscos "não aromáticos", enquanto que Albilla, Itália, Moscatel e Torontel são para os piscos "aromáticos" e uma mistura de diversas uvas para o que em termos gerais se chama pisco "acholado". Uma variedade que se encontra no Peru, denominado "mosto verde", é caracterizada pela destilação dos mostos que não terminaram a fermentação.

No exemplo do pisco chileno, a uva usada é a moscatel, em variedades diversas, e, mais raramente, Pedro Jiménez e torontel.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]