Podofilina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A podofilina é um medicamento de uso tópico. É extraída da seiva de plantas como a Podophyllum peltatum e Podophyllum emodi, desta seiva extrai-se a podofilotoxina e seus congêneres.

Propriedades[editar | editar código-fonte]

Por sua ação citotóxica é usada habitualmente para o tratamento de verrugas virais, ceratoses ou câncer de pele, porém seu emprego é maior para o tratamento do condiloma aculminado[1] , verruga venérea causada pelo Vírus do papiloma humano (HPV) que afeta principalmente os genitais de ambos os sexos, região perianal, reto, cavidade oral, faringe e laringe.

Se usada por via oral tem um efeito laxativo potente, pode ser tóxica para o sistema nervoso central e em gestantes pode ser teratogênica. Em doses altas pode ser fatal. A podofilina é preparada para uso tópico como uma tintura e é normalmente utilizada na concentração de 25%, porém esta concentração pode variar entre 5% e 50%.

A aplicação da podofilina nas lesões deve ser cuidadosa, convém evitar ao maximo o contato da substância com a pele e musosas sadias, pois pode causar ulcerações dolorosas. Após a aplicação as lesões devem ser lavadas após 6 a 8 horas.

Notas e referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.