Pombo-torcaz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Como ler uma caixa taxonómicaColumba palumbus
pombo-torcaz
Columba palumbus.

Columba palumbus.
Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Columbiformes
Família: Columbidae
Género: Columba
Espécie
Columba palumbus Linnaeus, 1758
Columba palumbus

Pombo-torcaz é a designação comum da espécie Columba palumbus L., o mais corpulento de todos os pombos, chegando a medir mais de 40 cm. É a espécie europeia de pombo mais comum.

As penas do pombo-torcaz são cinzentas na parte superior e rosadas na parte inferior. A cauda termina numa faixa preta ou cinzento-escuro.

O bico é vermelho, curto e fino.

O pombo-torcaz é granívoro, alimentando-se de sementes e grãos diversos.

O pombo-torcaz nidifica construindo uma plataforma de ervas e de ramos sobre árvores altas. A postura é de dois ovos brancos, os quais são incubados durante 17 dias, alternadamente pelo macho e pela fêmea.

No Brasil, existe um pombo conhecido como pomba-trocaz (com inversão de uma letra apenas), de nome científico Columba speciosa Tem., popularmente chamado de asa-branca ou pomba-pedrês.

Subespécies[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Aves, integrado no Projeto Aves é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.