Popular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Popular
Popularidade (BR)
Informação geral
Formato
Duração 60 minutos
Criador(es) Ryan Murphy
Gina Matthews
País de origem Estados Unidos
Idioma original inglês
Produção
Elenco Leslie Bibb
Carly Pope
Christopher Gorham
Sara Rue
Transmissão original 29 de Setembro de 199918 de Maio de 2001
Nº de episódios 43 (ver Lista de episódios) (lista de episódios)

Popular ("Popularidade" no Brasil) é uma série de televisão norte-americana de dramédia (drama e comédia). Foi criada por Ryan Murphy e Gina Matthews, estrelando Leslie Bibb e Carly Pope. A série teve duas temporadas, de 1999 a 2001, mas foi repentinamente cancelada no final da segunda temporada, devida a brusca queda de audiência (agravada por uma mudança de horário para as sextas-feiras à noite). A série é considerada a precessora de Glee pelos críticos especializados do meio.

Teta


Sinopse[editar | editar código-fonte]

A série mostra o mundo dos adolescentes, um mundo no qual eles aprenderão a perder, decidir, e aprender com os próprios erros. Buscando a sua verdadeira identidade e os seus valores. Kennedy High School é o cenário onde um grupo de adolescentes vai aprender que as regras sociais existem e que devem ser respeitadas. Este é o caso de Brooke McQueen, uma garota extremamente popular, atraente e de boa posição social; e Sam McPherson, dinâmica, boêmia e não muito popular. A falta de simpatia não impede que elas se vejam envolvidas de uma maneira que nunca imaginaram, nem mesmo desejaram, fazendo com que elas passem por situações de conflito, tensão e dor.

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

A série começa mostrando pequenos atritos entre Brooke e Sam, alunas de Biologia. Essas diferenças acabam fazendo com que elas se tornem opostas e hostis entre si. Em seguida, elas descobrem que seus pais (o pai de Brooke e a mãe de Sam) estão noivos. A primeira temporada consiste na união das garotas para tentar destruir o noivado de seus pais, impedindo que eles se casem. No final da temporada, Sam encontra a mãe verdadeira de Brooke, e a encoraja a voltar para a cidade. Isso termina com o noivado. Na segunda temporada, Sam e Brooke percebem que seus pais são felizes juntos. Então elas se ajudam para uní-los novamenrte.

Na segunda temporada várias reviravoltas acontecem na série, com Brooke deixando as líderes de torcida e focando-se em problemas escolares como um dos membros do conselho estudantil, e Sam experimentando o surgimento de uma repentina popularidade na escola. Josh e Lily começam a namorar e Carmem substitui Nicole como a líder das Glamazons. Harrison divide-se entre o amor de Brooke e Sam, e Sugar Daddy encontra o amor na estudante de intercâmbio Exquisite Who. No final da temporada (que tornou-se depois o final da série), Brooke sofre um acidente de carro causado por Nicole, enfurecida. Até hoje, este fato permance como um cliffhanger sem respostas.

Personagens[editar | editar código-fonte]

A série é focada na relação entre dois grupos diferentes de amigos da Kennedy High School: o grupo popular e o grupo alternativo, liderados respectivamente por Brooke McQueen, chefe das líderes de torcida que se dedica ao máximo em preservar sua imagem de garota perfeita com seu namorado jogador do time de futebol, e Sam McPherson, uma geniosa e inteligente garota impopular, editora do jornal da escola. As duas inimigas são forçadas a se tornarem pacíficas entre si quando seus pais se envolvem em um caso romântico.

Junto com Brooke no círculo popular estão Nicole Julian, uma sarcástica, elitista e maldosa garota; Mary Cherry, uma milionária, extravagante e estranha garota vinda do Texas; Josh Ford, namorado de Brooke e jogador do time de futebol que sonha em atuar, e Sugar Daddy, melhor amigo e parceiro de Josh que carrega consigo as raízes do gueto.

Sam é acompanhada por Harrison John, garoto sensível e impopular que é apaixonado por Brooke; Carmem Ferrara, uma garota obesa que sonha em fazer parte da equipe das líderes de torcida da escola (as 'Glamazons'); e Lily Esposito, uma ativista que luta a favor dos direitos humanos e animais.

Outros personagens significativos são Roberta "Bobbi" Glass, uma sádica professora de biologia; Mike McQueen, pai de Brooke; e Jane McPherson, mãe de Sam.

3ª temporada: O que poderia ter sido[editar | editar código-fonte]

Apesar de todo o elenco e produção da série terem acreditado que haveria uma 3ª temporada, a série foi cancelada logo após sua segunda temporada, terminando com um caso não solucionado. Quando questionado a respeito da terceira temporada, Ryan Muprhy (criador) disse que ele já havia planejado tudo o que aconteceria:

  • Brooke fratura todos os ossos de seu rosto após o atropelamento. Quando os curativos são retirados, ela está exatamente igual - porém agora morena.
  • Nicole alega que estava dirigindo embriagada após ter sido molestada por Mike, pai de Brooke.
  • Harrison na verdade escolhe Brooke, mas não pôde revelar sua escolha para Sam.
  • Depois do término com George e Harrison, Sam assumiria sua homossexualidade.
  • O vício de Josh em brigas-de-galo e apostas arruinam seu casamento com Lily, então ele se muda para a casa de Harrison.
  • Depois de namorar Brooke e se tornar "popular", Harrison começa a se envolver com outras garotas.
  • Mary Cherry é acidentalmente enviada para o orfanato e colocada para adoção. Ela volta para casa depois que sua irmã gêmea B. Ho leva um tiro em seu "gueto" e morre.
  • Cherry Cherry começa a lecionar na Kennedy High - um curso chamado Madonna 101 (especulações na época afirmavam que este seria um meio de chamar a cantora Madonna para uma participação na série).
  • Sugar funda uma associação para pessoas que estão descontentes e desencorajadas a respeito de seu peso e as ajudam.
  • Brooke e Nicole se unem novamente para deter uma nova e malvada aluna do intercâmbio, Unique Jones, de comandar a escola.
  • Carmen se torna enfermeira depois da tragédia que ocorreu com Brooke e começa a namorar com Sugar.
  • Kennedy High é vendida e convertida em uma enfermaria, forçando os estudantes a irem para a faculdade mais cedo.
  • 5 anos depois - o final da terceira temporada - Mary Cherry compra o condomínio Melrose Place, onde toda a turma acaba vivendo.

Murphy também revelou que ele a WB estavam negociando sobre um spin-off chamado "The Cherrys", que teria Delta Burke e Leslie Grossman como Cherry Cherry e Mary Cherry. Ao contrário de Popular, o show seria uma sitcom com meia hora de duração e mostraria as Cherrys tentando reconstruir suas vidas após terem perdido todo seu dinheiro e estabilidade.

Estilo[editar | editar código-fonte]

"Popular" sempre foi aclamada pela crítica e público por misturar geniosamente o drama pesado e a comédia non-sense em seus episódios. Apesar de pertencer a um gênero comum, por se tratar de uma série teen, "Popular" se diferencia das demais séries desse gênero por lançar uma visão satírica da vida nas high-schools e do comportamento dos jovens estudantes. A série possui um fino, absurdo e histérico senso de humor e consegue, com seus personagens, fazer sátiras de outros personagens também comuns em produções do gênero. A série também utiliza uma grande variedade de referências a cultura pop e piadas com referências nonsense (como por exemplo, a vontade de April Tuna em "experimentar um pouco da frutinha" no quartinho do refeitório escolar).

Episódios[editar | editar código-fonte]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Elenco secundário[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Há um piloto filmado que nunca foi ao ar. Nele, Kid Pardue faz o papel de Josh Ford.
  • Inicialmente, Mary Cherry não faria parte da série. A personagem só conseguiu vida graças a audição que Leslie Grossman fez, impressionando a produção da série, que idealizou um papel especialmente pra ela, mesmo que a atriz tenha tentando papel para outro personagem. Grossman fez o teste para Nicole junto com Tammy Lynn Michaels (a Nicole 'escolhida').
  • Popular parodizou muitas produções americanas em meio aos seus episódios. Algumas delas: American Idol, O Exorcista, O Que Aconteceu Com Baby Jane?, Eu Sei O Que Vocês Fizeram No Verão Passado, Os Embalos De Sábado A Noite, Who Wants To Be A Millionaire? e o videoclip "Music" de Madonna.
  • Diversas vezes na primeira temporada ocorreram erros de gravação durante as brigas de Sam e Brooke. Carly Pope e Leslie Bibb sempre acabavam caindo na gargalhada, visto que na vida real elas eram melhores amigas. Ambas disseram que era muito duro ter que se "odiarem" em cena.
  • A trilha sonora da série é embalada por grandes sucessos pop de décadas passadas. A cantora com mais músicas tocadas durante os episódios é Madonna, com 5 ao todo músicas: Ray Of Light, Lucky Star, Music, Vogue e Don't Tell Me. As músicas Vogue e Music ganham versões satirizadas de seus clipes na série.
  • Tammy Lynn Michaels (Nicole) é lésbica assumida, casada com a cantora Melissa Etheridge, com quem teve um casal de gêmeos em 2006.
  • Tamara Mello (Lily) inicialmente tentou o papel de Sam, Leslie Grossman (Mary Cherry) tentou o papel de Nicole, e Carly Pope (Sam) teria tentado o papel de Brooke.
  • Kid Pardue originalmente interpretou Josh Ford no episódio piloto apresentado a WB, mas quando a série foi adicionada à grade de programação da emissora, o ator foi substituído por Bryce Johnson.
  • Enquanto havia uma constante troca de diretores para cada episódio da série, Ryan Murphy sempre estava no set de filmagem quando havia uma cena envolvendo a personagem Mary Cherry, a fim de conseguir que Leslie Grossman interpretasse cada linha exatamente da forma como ele havia previsto (a personagem Mary Cherry é responsável pela maioria das cenas cômicas da série).
  • Algumas das celebridades citadas comicamente em episódios: Britney Spears, Madonna, Jennifer Lopez, Destiny's Child, Mariah Carey, Jewel, Marilyn Monroe, Gwyneth Paltrow, Glenn Close, Jennifer Love Hewitt, Marilyn Manson, Meryl Streep, John Travolta, Barbra Streissand.
  • Os atores Christopher Gorham e Anel Lopez Gorham (Harrison e Poppita) são casados e têm dois filhos.
  • A fachada e partes internas da Kennedy High School são as mesmas utilizadas nos filmes "Sexta Feira Muito Louca" e "A Casa De Vidro".
  • A gravidez de Carmen e o namoro de Harrison e Mary Cherry foram cortados repentinamente da série a pedido dos executivos da WB.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Teen Choice Awards 2000; Seriado Revelação
  • GLAAD Media Awards 2000; Melhor Episódio da TV, pelo episódio Wild Wild Mess
  • Genesis Awards 2000; Melhor Nova Série, pelo episódio Under Siege
  • SHINE Awards 2000; Melhor Série de Comédia, pelo episódio Booty Camp
  • Genesis Awards 2001; Melhor Série de Comédia, pelo episódio Joe Loves Mary Cherry.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]