Porsena

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde Maio de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Porsena

Porsena era rei da cidade etrusca de Clúsio, quando o rei Tarquínio, o Soberbo foi expulso de Roma. O fugitivo veio pedir-lhe asilo e Porsena aproveitou-se da ocasião para fazer guerra à Roma.

Segundo a lenda romana, no ano de 507 a.C., o rei cercou a cidade e, provavelmente, teria entrado nela se Horácio Cocles não o tivesse impedido, defendendo a ponte pela qual o inimigo iria atravessar o Tibre. Da luta teria participado o valoroso romano Múcio Cévola. Deste episódio faz parte a história de Clélia, a virgem romana prisioneira no acampamento real que conseguiu fugir atravessando o Tibre a nado.

Entretanto, segundo o historiador Niebuhr, Porsena não só venceu os romanos como lhes arrebatou a terça parte do território, impondo-lhes a ocupação das tropas etruscas por algum tempo.

O historiador Plínio, o Velho em sua História Natural cita o monumental túmulo de Porsena, exemplo de construção etrusca de requintadas características arquitetônicas e artísticas.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Porsena
Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um historiador é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.