Porta-malas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um Ford Model A de 1931 e seu porta-malas separado da carroçaria do veículo.
Porta-malas de ônibus.

Porta-malas ou bagageiro (no Brasil) ou mala (em Portugal e no Brasil) e porta-bagagens ou bagageira (em Portugal) é o compartimento situado normalmente na parte traseira de um automóvel usado, inicialmente, para o transporte de carga.[1]

Evolução do automóvel[editar | editar código-fonte]

A evolução do automóvel foi fortemente influenciada pela I Guerra Mundial na década de 1920. Na década seguinte, 1930, foi a depressão que condicionou a indústria automobilística com a redução de fábricas de automóveis.[1]

Os fabricantes de automóveis utilitários, para manter as fábricas, recorreram à produção em série de automóveis utilitários e o desafio era atender a um público mais exigente, que pretendia um automóvel de "preço reduzido, linhas elegantes" e com espaço suficiente para o transporte da família.[nota 1] Foi nessa época que, para diminuir custos, surgiram inovações importantes como, por exemplo, a "caixa de mudanças com embreagem hidráulica" e a transmissão automática, respectivamente, no início e no final dos anos 1930.[1]

Nessa década (1930) foi criada a "mala para bagagens", cujo tamanho era definido pela distância que os automobilistas iriam percorrer. Inicialmente, grades foram adaptadas à parte de trás do carro, muitas vezes sobre o tanque de gasolina, como "mala extra". Em seguida, o "bagageira" passou a ser montado em suportes por detrás do assento traseiro, até que o porta-malas se tornou um compartimento integrante da carroçaria.[1]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Porta-malas

Referências

  1. a b c d O livro do automóvel: "O automóvel enfrentando a depressão", pgs. 15-17 Seleções do Reader's Digest - 1976.

Notas

  1. Em 1938, embora existissem 20 fábricas de automóveis, 90% da produção concentravam-se apenas em 6 delas, entre as quais, a Bentley, adquirida pela Rolls-Royce, e a Lanchester, que passou a fazer parte do grupo BSA inglês.
Ícone de esboço Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.