Qahtan Muhammad al-Shaabi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Qahtan Muhammad al-Shaabi (1920[1] –1981[1] [2] ) (em árabe: قحطان محمد الشعبي) foi o primeiro Presidente da República Popular do Iêmen do Sul. A organização política de Al-Shaabi, a Frente Nacional de Libertação (NLF), tomou o controle do país dos britânicos e ganhou supremacia política sobre a oposição, a Frente de Libertação do Iêmen do Sul Ocupado (FLOSY), em 1967. Em 30 de novembro de 1967, o Protetorado da Arábia do Sul foi declarado independente como República Popular do Iêmen do Sul com al-Shaabi como presidente. Al-Shaabi ocupou a presidência até 22 de junho de 1969, quando um grupo linha-dura marxista de dentro do seu próprio NLF assumiu o controle.[1] [2] Foi substituído por Salim Rubai Ali (Salmin), preso, e em seguida, colocado em prisão domiciliar até a década de 1970;[2] vivendo tranquilamente em Aden de sua libertação até sua morte em 1981. [1]

Al-Shaabi era originalmente um oficial agrícola de Lahej, que fugiu para o Cairo, em 1958. Em 1962, foi anunciado chefe do Exército de Libertação Nacional, formado no Egito, e em 1963 ou 1965, e foi escolhido como chefe fundador do NLF. Após a independência em 1967, era o líder mais conhecido do NLF e o único com mais de 40 anos de idade. Como parte de uma facção de direita da NLF nasserista nacionalista, lutou contra a ala esquerdista marxista por um ano e meio, até sua expulsão em um Movimento Corretivo de 22 de Junho, também conhecido como Movimento Corretivo Glorioso, em 1969.[2] O governo declarou em 1990 que a deposição ocorreu "na falta de uma verdadeira democracia".[1]

O filho de Qahtan, Najeeb Qahtan Al-Sha'abi concorreu sem sucesso na eleição presidencial do Iêmen de 1999 contra o presidente Ali Abdullah Saleh.[2]

Referências

  1. a b c d e Bidwell, Robin. Dictionary Of Modern Arab History. [S.l.]: Routledge, 2010. p. 378. ISBN 978-1-136-16298-5.
  2. a b c d e Robert D. Burrowes. Historical Dictionary of Yemen. [S.l.]: Rowman & Littlefield, 2010. 348 pp. ISBN 978-0-8108-5528-1.
Precedido por
(nenhum)
Presidente do Iêmen do Sul
1967–1969
Sucedido por
Salim Rubai Ali