Reunificação chinesa de 1928

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Maio de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Zhang Xueliang, último senhor da guerra a aceitar a unificação da China em 1928.
Bandeira da República da China durante o governo de Beiyang.
Bandeira do governo nacionalista após a reunificação em 1928, tornou-se a Bandeira da República da China.

A Reunificação Chinesa de 1928, conhecido na História da China como a Substituição da Bandeira do Nordeste (chinês tradicional: 东北 易帜) refere-se ao anúncio de Zhang Xueliang, senhor da guerra da Manchúria, a 29 de dezembro de 1928 em substituir as bandeiras do Governo de Beiyang na Manchúria pela bandeira do Governo Nacionalista. Esse ato é visto como o ponto culminante da unificação da China sob um novo Estado.