Rio Ourika

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rio Ourika
O Rio Ourika na zona de Douar Ouriki
Nascente Alto Atlas, Parque Nacional de Toubkal
País(es)  Marrocos
Rio Ourika está localizado em: Marrocos
Rio Ourika
Localização do local da foto acima, no Vale de Ourika, em Marrocos
Coordenadas 31° 21' 44" N 7° 46' 17" O
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Rio Ourika

O rio Ourika ou Oued Ourika (em árabe: نهر أوريكا) é um rio de Marrocos que nasce no Alto Atlas, na parte oriental do maciço do Toubkal, dentro do Parque Nacional do Toubkal. O seu trecho mais famoso é o Vale de Ourika, um dos locais de maior beleza natural nos arredores de Marraquexe, situado a poucas dezenas quilómetros a sudeste daquela cidade.

O vale do Ourika, que se estende ao longo da parte exterior do zona nordeste do Parque Nacional do Toubkal e até cerca de 30 km a leste de Marraquexe, é um dos lugares de maior beleza natural e etnográfica da zona de Marraquexe. É habitado essencialmente por berberes que, apesar da proximidade da grande cidade, preservam muito do seu modo de vida ancestral.

Flora e fauna[editar | editar código-fonte]

Desde o final do século XIX que têm sido registadas algumas espécies biológicas raras no vale, nomeadamente o freixo Fraxinus dimorpha. O vale é o único local do Alta Atlas onde se encontra o macaco-de-gibraltar (Macaca sylvanus). Além do vale de Ourika, esta espécie ameaçada só se encontra no Médio Atlas e algumas pequenas populações disjuntas na Argélia e em Gibraltar.

Lugares e atrações turísticas[editar | editar código-fonte]

  • Setti-Fatma — último douar (aldeia) acessível pela estrada asfaltada, é a localidade do vale que atrai mais turistas, tanto estrangeiros e vindos de partes mais longíquas de Marrocos, como de Marraquexe, é o ponto de partida de diversas rotas de excursão pelas montanhas vizinhas. Uma das mais populares segue o curso de uma torrente com ete cascatas.
  • Tnine-de-l’Ourika — pequeno douar sem grande interesse arquitetural, onde se realiza um souk tradicional com alguma importância regional todas as segundas-feiras.
  • Horta (jardin) de Timalizene — horta de montanha onde se cultivam sobretudo essências locais.
  • Safranière de l'Ourika — quinta onde se produz açafrão; a visita é mais interessante do fim de outubro a meados de novembro, quando ocorre a colheita daquela especiaria.
  • Horta bio-aromática de Ourika — horta biológica de plantas aromáticas e medicinais.
  • Ecomuseu berbere do Vale de Ourika — situado na aldeia de oleiros de Tafza, mostra a cultura berbere através de uma coleção de fotografias, de peças de olaria, joias, tapetes e têxteis.

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  • Ellingham, Mark; McVeigh, Shaun; Jacobs, Daniel; Brown, Hamish. The Rough Guide to Morocco. 7ª. ed. Nova Iorque, Londres, Deli: Rough Guide, Penguin Books. 824 pp. p. 468-470. ISBN 9-781843-533139.
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Marrocos, integrado ao Projeto África é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.