Saíra-lagarta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaSaíra-lagarta
Tangara desmaresti.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 LC pt.svg
Pouco preocupante (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Thraupidae
Género: Tangara
Espécie: T. desmaresti
Nome binomial
Tangara desmaresti
(Vieillot, 1819)

A saíra-lagarta (Tangara desmaresti) é uma ave Passeriforme da família Thraupidae. A ave também é conhecida como Saíra-da-serra e Saíra-verde. espécie endêmica do Brasil com ocorrência nos Estados de Sergipe, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná, podemos encontrá-los principalmente em pontos elevados de serras, como a Serra do Mar, Caparaó e Mantiqueira geralmente em grupos de 10 ou mais indivíduos que muitas vezes podem ser outros membros da família Thraupidae.

Características[editar | editar código-fonte]

Mede cerca de 14 cm de comprimento, tem a coloração predominantemente verde,com a fronte azulada, o papo alaranjado, dorso e barriga verdes.

Reprodução[editar | editar código-fonte]

Faz o ninho em forma de tigela, entre os galhos de pequenas árvore e arbustos utilizando musgos, gravetos e folhas secas. Cada ninhada geralmente tem entre 2 e 3 ovos, tendo até 3 ninhadas por temporada. Os filhotes nascem após 15-17 dias, e saem do ninho após cerca de 20 dias.

Alimentação[editar | editar código-fonte]

Alimenta-se principalmente de frutas e insetos, mas também come folhas e larvas.

Referências Bibliográficas:[editar | editar código-fonte]

Sick, H. 1997. Ornitologia Brasileira. Ed. Nova Fronteira. Rio de Janeiro, RJ. Acesso em 22/08/2014

Saira Lagarta (Tangara desmaresti)
Ícone de esboço Este artigo sobre Aves, integrado no Projeto Aves é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.