Sada Abe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sada Abe
Sada Abe figurando nos jornais da época.
Nome completo Sada Abe (阿部 定, Abe Sada?)
Conhecido(a) por asfixiar eroticamente um amante
Nascimento 28 de maio de 1905
Morte década de 1970 (desapareceu)
Nacionalidade  Japão
Ocupação Prostituta

Sada Abe (阿部 定, Abe Sada?, 28 de maio de 1905 – depois de 1970) é uma japonesa notória por asfixiar eroticamente seu amante, Kichizo Ishida, em 18 de maio de 1936, e então cortar seus pénis e testículos.[1] Por esse crime, foi levada à prisão, de onde só saiu após a Segunda Guerra Mundial[2] . A história ficou muito famosa no Japão,[3] alcançando notoriedade mundial ao figurar em filmes como Império dos Sentidos, bem como vasta bibliografia, inclusive em português. Sada Abe desapareceu na década de 1970, e atualmente é dada como morta.

Filmes[editar | editar código-fonte]

Local onde o notório crime de Sada Abe se passou.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Português[editar | editar código-fonte]

Outras línguas[editar | editar código-fonte]

  • Johnston, William. Geisha, Harlot, Strangler, Star: A Woman, Sex, and Morality in Modern Japan. New York: Columbia University Press, 2005. ISBN 0-231-13052-X
  • Marran, Christine. Poison Woman: Figuring Female Transgression in Modern Japanese Culture. Minneapolis, MN: University of Minnesota Press, 2007. ISBN 0-8166-4727-5
  • Schreiber, Mark. The Dark Side: Infamous Japanese Crimes and Criminals. Tokyo: Kodansha, 2001. 184–190 pp. ISBN 4-7700-2806-7

Referências

  1. RICHIE, Donald. Retratos japoneses: crônicas da vida pública e privada. São Paulo: Editora Escrituras, 2000. pp. 42-47.
  2. UNICAMP - Texto extraído da obra de Donald Richie
  3. Thompson, Bill. In: Frank N. Magill. Magill's Survey of Cinema: Foreign Language Films; Volume 4. Englewood Cliffs, N.J.: Salem Press, 1985. 1570 pp. ISBN 0-89356-247-5

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.