Sagat: The Documentary

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sagat: The Documentary
2011 •  80 min 
Produção
Direção Pascal Roche
Jérôme M. De Oliveira
Elenco François Sagat
Idioma Original Francês

Sagat: The Documentary estilizado como SAGAT: The Documentary, SAGAT - Uncut ou apenas SAGAT é um documentário de 2011 sobre o ator pornográfico François Sagat, dirigido por Pascal Roche e Jérôme M. De Oliveira. O filme foi produzido pela ADL TV e Brenda & Lucy Co.

Teve sua estréia no Francês Canal+ em 31 de março de 2011. No Estados Unidos ocorreu no Museum of Arts and Design em Nova Iorque em 18 de novembro 2011.[1]

O documentário de sessenta minutos segue a carreira de Sagat, com raras cenas de bastidores das atuações cults do ator. O filme possui depoimentos de diversas personalidades da indústria adulta, como Chi Chi LaRue, que compara Sagat com a cantora pop Madonna, além do diretor de filmes pornográficos Bruce LaBruce, que chama Sagat de "a Marilyn Monroe da pornografia gay -- Marilyn tinha seus seios, François tem sua bunda".

O documentário recebeu diversas criticas positivas, incluindo da revista gay francesa Têtu que escreveu: "Esse filme é sexy e agitado, os icones sexuais presentes são por sí só extremamente sensitivos e profundos".

Referências[editar | editar código-fonte]