Self storage

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou secção:
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Unidades de armazenamento

Self storage ou self-stockage é um termo em inglês que é abreviatura de Self service storage e que, em tradução livre para o português, significa “Auto-serviço de armazenamento”, denotando o serviço de armazenamento de mercadorias ou bens através de um aluguer de um espaço de guarda móveis para produtos domésticos, arquivo-morto ou estoque de mercadorias, ou quaisquer objetos. A maioria das pessoas que procura o serviço fá-lo durante um período de mudança, reforma ou viagens temporárias.

O desenvolvimento deste negócio nos Estados Unidos é muito significativo: no final de 2008, contavam-se 51000 empresas neste ramo nos Estados Unidos, em espaços de terrenos industriais e comerciais, com mais de 2350 milhões de metros quadrados de armazenagem. Na Europa, o setor também contava com 2000 centros de self-stockage em 2013. O Reino Unido contava 800 centros, seguido pela França (250), Países Baixos (260), e Espanha (180).

A FEDESSA (Associação Europeia de Self-stockage) agrupa as principais empresas do setor.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Geralmente, os itens armazenados são segurados pelo próprio inquilino, que contrata uma seguradora, indicada ou não, no fechamento de contrato.

Mais recentemente, em muitas cidades metropolitanas onde a concorrência entre as empresas de armazenagem é feroz, mais parcelas de terra perto de áreas residenciais e comerciais estão sendo convertidas em self storage.

No Brasil este mercado demorou mais para se instalar, e apesar de muitas empresas já estarem no mercado, o serviço é relativamente pouco conhecido.