Sistema A-0

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O sistema A-0 (Arithmetic Language version 0), escrito por Grace Hopper em 1951 e 1952 para o UNIVAC I, provavelmente, segundo Jean E. Sammet, foi o primeiro compilador já desenvolvido para um computador eletrônico.[1] O A-0 funcionava mais como um carregador ou ligador diferente da noção moderna de um compilador. Um programa era especificado como uma seqüência de sub-rotinas e argumentos. As sub-rotinas eram identificadas por um código numérico e os argumentos para as sub-rotinas eram escritos logo após cada código de sub-rotina. O sistema A-0 convertia a especificação em código de máquina que podia ser armazenado em um computador uma segunda vez para executar o programa.

Ao sistema A-0 se seguiram o A-1, A2, A-3 (lançado como Arith-Matic), AT-3 (lançado como Math-Matic) e o B-0 (lançado como Flow-Matic).[2]

Referências

  1. Sammet, Jean E. Programming Languages: History and Fundamentals. Englewood Cliffs, New Jersey: Prentice Hall, 1969. 785 p. p. 12. ISBN 0-13-729988-5
  2. Wexelblat, Richard L.(Editor). History of Programming Languages. New York: Academic Press, 1981. 758 p. p. 6. ISBN 0-12-745040-8


Ícone de esboço Este artigo sobre programação de computadores é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.