Sociocapitalismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.

Sociocapitalismo é o capitalismo de muitos sócios, a socialização dos lucros e da acumulação do capital. Não há estatização dos processos produtivos, mas o compartilhamento dos resultados. O sociocapitalismo ocorre através dos mercados de capitais, pela inserção dos ativos detidos pelo sistema previdenciário, que são veículos de acesso à propriedade coletiva e, tanto quanto possível, pulverizada, do capital produtivo.

Não pode-se falar em fusão do socialismo com capitalismo pois a questão de tudo é a propriedade privada, no socialismo há a estatização dos meios de produção, no capitalismo não há. Unido ao principal foco de sociocapitalismo que é a divisão do lucro está o investimento em trabalhos voluntários, cooperativismo, assistência social, etc.

Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.