Studio 2000

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Studio 2000
Indústria Pornográfica
Fundação 1993
Fundador(es) Scott Masters e John Travis
Sede Estados Unidos San Francisco, California, Estados Unidos
Produtos Filmes Pornográficos Gays e Dildos
Página oficial www.studio2000video.com

Studio 2000 é um estúdio cinematográfico de filmes pornográficos gays com sede em São Francisco, Califórnia. Foi fundada em 1992 pelo produtor Scott Masters e pelo diretor John Travis. Atualmente é controlada por dois antigos executivos da Falcon Entertainment que adquiriram o estúdio em abril de 2006 apos a aposentadoria de Masters e Travis.

Historia[editar | editar código-fonte]

O Studio 2000, foi fundado em 1992. Masters e Travis tinham trabalhado anteriormente de forma indeopendente e para todos os estúdios grandes de entretenimento adulto gay. Com o Studio 2000, eles esperavam criar um ambiente onde eles poderiam criar videos com uma qualidade superior, voltados para o entertenimento sem viver sobre pressão dos chefes de outros estúdios.Takedown, um dos seus primeiros filmes juntos, foi um sucesso e contou com Adam Hart e uma série de outros modelos populares em um filme descrito pela Bijou World[1] como uma "volta da trama e da atuação séria sem perder o tesão porno". Em 1995, Masters e Travis haviam incorporado e construído um escritório para abrigar uma equipe para a produtora em tempo integral. Eles também se moveram na direção de um cronograma de produção mais consistente, liberando primeiramente seis e depois doze produções por ano (alguns dos quais foram produzidos no exterior e lançados sob o selo da International Studio 2000), um modelo que durou até a data da aposentadoria dos dois. O ponto alto foi alcançado em 2000, quando Dream Team da Studio 2000 ganhou seu primeiro (e, até agora, a único) troféu de Best Gay Video da GAYVN Awards, bem como o prêmio de Best Romance Video no grabby Awards.

Filmes notáveis[editar | editar código-fonte]

  • A Body to Die For
  • Blades
  • Dark Side of the Moon
  • Don't Dick with Devil
  • Dream Team
  • Grease Guns
  • Seamen First Class
  • The Size of It
  • SuperCharge
  • Tailspin
  • West Hollywood Hope
  • Wildlands
  • Whatever You Say, Sir!

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. See http://www.bijouworld.com for Bijou's 1992 review of "Takedown."

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Douglas, Jerry. "Behind the Camera: Scott Masters, Part 1." Manshots. November 1997.
  • Douglas, Jerry. "Behind the Camera: Scott Masters, Part 2." Manshots. November 1997.
  • Lawrence, Doug. The Films of John Travis. Los Angeles: Adam Film World, December 2000.
  • "Takedown: Review." BijouWorld.com. 1992.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]