TV a laser

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Laser TV é uma tecnologia de ecrãs de televisão, desenvolvida pela empresa australiana Arasor International em parceria com a Novalux. Foi apresentada oficialmente à imprensa internacional no dia 10 de outubro de 2006.[1] [2]

Durante a apresentação e demonstração, em Sydney (Austrália), de um protótipo da Mitsubishi, o então presidente da Novalux, Jean-Michel Pelaprat, declarou obsoleta a tecnologia Plasma, acrescentando.[3] [4]

Foi lançada no comércio em 2008, pelas empresas Mitsubishi e Samsung.

Tecnologia[editar | editar código-fonte]

Lasers podem tornar-se um substituto ideal para as lâmpadas UHP, que estão atualmente em uso em dispositivos de exibição de projeção, como a televisão de projeção traseira e projetores frontais. LG afirma uma vida de 25.000 horas[5] para o seu projetor laser, em comparação a 10.000 horas para uma UHP.

"Com outras tecnologias de ecrã, as cores exibidas são aproximadamente 30 a 40% das que o olho humano consegue ver", declarou. "Mas pela primeira vez, com uma TV Laser, poderemos ver 90% das cores que os olhos podem ver", explicou.

A tecnologia é baseada num único chip fotoelétrico central (desenvolvido pela Arasor) para o dispositivo projetor laser (desenvolvido pela Novalux). As imagens são formadas por varrimento, segundo o mesmo princípio usado nos monitores CRT.

Hoje em dia são feitas pesquisas para aprimorar sua precisão e suavizar os possíveis efeitos colaterais que podem ser causados pela radiação dos lasers.

Vantagens[editar | editar código-fonte]

  • A TV Laser poderá reproduzir mais de 90% das cores visíveis para o olho humano com isso, mal dar para diferenciar a imagem da TV de uma paisagem ao vivo.[6]
  • Terá metade do peso e custo de telas de Plasma ou LCD.
  • Consumirá cerca de 25% da energia exigida por ecrãs de Plasma ou LCD.[7]
  • As TV Laser serão tão finas quanto as de Plasma ou LCD.
  • Terão uma expectativa de vida útil de 50.000 horas, sem degradação progressiva da imagem com o tempo, ao contrário dos ecrãs de Plasma ou LCD.

Referências

  1. Mitsubishi Joins the Laser-TV Club (em inglês). Visitado em 6 de janeiro de 2014.
  2. Mitsubishi Harnesses Colored Lasers to Produce New-Generation Light weight HDTV (em inglês). Visitado em 6 de janeiro de 2014.
  3. CRT, Plasma, LCD, e depois??? Laser!!! - Opnni (em português). Visitado em 6 de janeiro de 2014.
  4. LPD, a tecnologia que quer aposentar sua TV LCD e LED (em português). Visitado em 6 de janeiro de 2014.
  5. LG Laser Display Specifications (em inglês). Visitado em 6 de janeiro de 2014.
  6. jornalismofef /TV a Laser (em português). Visitado em 6 de janeiro de 2014.
  7. Novos painéis a laser usam até 75% menos energia que as telas atuais - Gizmodo (em português). Visitado em 6 de janeiro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]