Teresa de Entença

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Teresa de Entença (1300 - Saragoça, 29 de outubro de 1327) foi condessa de Urgel, viscondessa de Ager, baronesa de Entença e Antillón.

Era filha de Gombaldo, barão de Entença e senhor de Alcolea, e de Constança, senhora de Antillón.

Como não tinha descendentes, seu tio-avô, Ermengol X, concordou com Jaime II de Aragão em nomeá-la herdeira do Condado de Urgel em troca de casá-la com o infante Afonso, o segundo filho do monarca, e de receber 100 000 soldos. Assim, em julho de 1314, Teresa se tornou condessa de Urgel e, em 10 de novembro do mesmo ano, casou com o infante Afonso.

Em 1319, com a retirada do infante herdeiro Jaime para a vida religiosa, Afonso se tornou herdeiro da coroa. Em 1323, Teresa acompanhou seu esposo na campanha para conquistar a ilha da Sardenha.

O casal teve sete filhos:

Teresa morreu aos 27 anos, um dia após dar à luz Sancho e cinco dias antes da ascensão de seu esposo ao trono. Seu corpo foi sepultado na igreja dos frades menores de Saragoça.

Precedido por:
Ermengol X
Brasão da segunda dinastia de Urgel.
Condessa de Urgel
Viscondessa de Ager

julho de 1314 - 27 de outubro de 1327
Seguido por:
Jaime I
Precedido por:
Gombaldo
Baronesa de Entenza
1309 - 27 de outubro de 1327
Precedido por:
Constança
Baronesa de Antillón