Vila de Trindade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Praia do Meio na Vila de Trindade.

A Vila de Trindade é um bairro localizado no município brasileiro de Paraty, estado do Rio de Janeiro. É formada basicamente por uma vila de pescadores.

O comércio local é exercido pelos caiçaras, nativos da região. É constituído basicamente de artesanato e restaurantes com comidas típicas.

Existem também algumas pousadas e áreas de camping.

Parte de Trindade pertence ao Parque Nacional da Serra da Bocaina e é preservada pelo ICMBio.

História[editar | editar código-fonte]

Trindade já foi habitada por índios, piratas e portugueses. Na década de 1970, virou abrigo e símbolo de hippies. Na mesma época, a empresa ADELA - Agência de Desarollo de Latino América, multinacional com sede em Luxemburgo, invadiu a vila de pescadores com o objetivo de expulsar os moradores e criar na vila um balneário com vistas ao turismo e um condomínio de luxo.

Houve na ocasião uma grande rebelião dos habitantes da vila e os empresários foram expulsos, deixando em seus rastros mortes e até estupros de nativas da região.

A empresa era na época a Brascan, hoje a Brookfield Asset Management, que também construiu o luxuoso Condomínio Laranjeiras, a 5 km da Vila de Trindade.

Posteriormente a empresa Cobrasinco fez acordo com os trindadeiros e escriturou suas propriedades na área por eles escolhida e a paz voltou a reinar.

Nos anos 80, aventureiros vinham de toda parte para acampar nas praias paradisíacas. Desde 1990, grande parte da procura por Trindade vem do turismo.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Trindade recebe todos os dias turistas do mundo inteiro que vem para conhecer suas belas praias. São famosas também suas trilhas e a piscina natural do Caixad'aço.

Praias[editar | editar código-fonte]

Entre as praias mais importantes em Trindade encontram-se a Praia do Cepilho, onde o mar é propício a prática do surfe, a Praia de Fora, Praia do Rancho, onde os turistas podem se banhar calmamente, praticar mergulho e desfrutar ainda de bares e restaurantes, a Praia do Caxadaço, a Praia dos Pelados (praia de nudismo) acessível apenas por trilha ou barco e a praia do Meio mais utilizada para o turismo. Existe também a Praia Brava, cuja localização é afastada da vila e tem acesso mais difícil. Atualmente a Praia dos Pelados teria desaparecido devido a ação das aguas do mar, deixando no local somente as pedras. Ainda é possivel a pratica do nudismo no local, que agora é conhecido como Pedra da Figueira, uma pedra grande achatada onde é possivel ficar tomando sol ou dela mergulhar no mar. Aqueles que procuravam o local para o nudismo agora migraram para a Praia Brava, onde a pratica passou a ser tolerada. Embora não seja oficializada a pratica, passou a ser normal encontrar la pessoas sem roupa alguma.

Preservação[editar | editar código-fonte]

Hoje a vila é preservada do vandalismo e da invasão de especuladores imobiliários pela Associação dos Moradores Nativos e Originários da Trindade.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]