Villa Grimaldi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antigo portão da Villa Grimaldi.
Lista de homens e mulheres, cidadãos chilenos mortos ou desaparecer na Villa Grimaldi

A Villa Grimaldi foram construções utilizadas para interrogatório, algumas sob tortura de presos políticos pelo DINA, a polícia secreta do ditator Augusto Pinochet.[1] Era uma ampla propriedade em Santiago que virou restaurante de luxo e era frequentado pela elite da época. Transformado em centro de detenção após o golpe, o local é onde 236 pessoas foram executadas ou vistas pela última vez.[2]

Veja também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Villa Grimaldi

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. http://www.memoriaviva.com/Centros/00Metropolitana/villa_grimaldi.htm
  2. "Fantasmas da ditadura chilena rondam Bachelet". O Globo.
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.