Ödön Rádl

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Ödön Rádl (Lugașu de Jos, 30 de março de 1856-Oradea, 20 de dezembro de 1916) fou um jurista e escritor da Roménia em húngaro.[1]

Estudou direito em Oradea. Foi amigo de Kálmán Tisza e István Tiszaa. Escreveu para várias publicações (Nagyváradi Lapok, Tiszavidék…) e foi membro do Partido Liberal e de. Endre Ady criticou o seu conservadurismo.

Obra[editar | editar código-fonte]

  • Levelek egy német faluból (1870)
  • Szomorú történetek (1871)
  • Jean Paul (1872)
  • Egy tél Olaszhonban (1872)

Ligações externas e referências[editar | editar código-fonte]