110 Lydia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Lydia.
Lydia
110Lydia (Lightcurve Inversion).png
Número 110
Data da descoberta 19 de Abril de 1870
Descoberto por Alphonse Borrelly
Categoria Cintura principal
Homenagem a Lídia
Precedido por 109 Felicitas
Sucedido por 111 Ate
Elementos orbitais
Semieixo maior 2,73 unidade astronómica UA
Perélio 2,5205058 UA
Afélio 2,9476456 UA
Excentricidade 0,0781141
Período orbital 1 651,25 d (4,52 a)
Velocidade orbital 18,0130591 km/s
Anomalia média 260,88 grau°
Inclinação 5,97379°
Longitude do nó ascendente 56,88 grau°
Argumento do periastro 283,65 grau°
Características físicas
Dimensões 86,09 km
Família de asteroides Família Lydia
Classe espectral Asteroide tipo X e Asteroide tipo M
Magnitude absoluta 10,927
Albedo 0,1808


Lydia (asteroide 110) é um asteroide da cintura principal com um diâmetro de 86,09 quilómetros, a 2,5205058 UA. Possui uma excentricidade de 0,0781141 e um período orbital de 1 651,25 dias (4,52 anos).

110 Lydia tem uma velocidade orbital média de 18,0130591 km/s e uma inclinação de 5,97379º.[1]

Este asteroide foi descoberto em 19 de Abril de 1870 por Alphonse Borrelly. Seu nome é em homenagem ao antigo reino do Gordo (Ásia Menor).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

108 Hecuba | 109 Felicitas | 110 Lydia | 111 Ate | 112 Iphigenia
Ícone de esboço Este artigo sobre asteroides é um esboço relacionado ao Projeto Astronomia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. «110 Lydia» (em inglês). NASA. Consultado em 22 de dezembro de 2013