Aero Boero AB-115

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de AB-115)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Aero Boero AB-115
Avião
AB-115
Descrição
Tipo / Missão Aeronave monomotora para instrução
País de origem  Argentina
Fabricante Aero Boero
Período de produção julho de 1969 - janeiro de 1973 (AB-115)
fevereiro de 1973 - 1975 (AB-115BS)
Quantidade produzida AB-115: 45+ unidades
AB-115BS: 25
Desenvolvido de Aero Boero AB-95
Primeiro voo em março de 1969 (49 anos)
Introduzido em 1970
Tripulação 1
Passageiros 1 passageiro(s)
Carga útil 240 kg (529 lb)
Especificações (Modelo: AB-115BS)
Dimensões
Comprimento 7,27 m (23,9 ft)
Envergadura 10,72 m (35,2 ft)
Altura 2,10 m (6,89 ft)
Área das asas 16,5  (178 ft²)
Alongamento 7
Peso(s)
Peso vazio 530 kg (1 170 lb)
Peso máx. de decolagem 770 kg (1 700 lb)
Propulsão
Motor(es) 1x Lycoming O-235-C2A refrigerado a ar
Potência (por motor) 115 hp (85,8 kW)
Performance
Velocidade máxima 220 km/h (119 kn)
Velocidade de cruzeiro 145 km/h (78,2 kn)
Alcance (MTOW) 648 km (403 mi)
Teto máximo 2 440 m (8 010 ft)
Razão de subida 2,44 m/s
Notas
Dados de: Jane's All the World's Aircraft 1976-77[1] e Uberlandia Aeroclub's AB-115 Technical Manual[2]

Aero Boero AB-115 é um avião de treinamento de fabricação argentina. Com capacidade para dois pilotos, é amplamente utilizado nos aeroclubes e escolas de pilotagem do Brasil.

É uma aeronave de uso civil, particularmente para instrução primária de pilotagem. Suas asas são feitas de alumínio reforçado com barras de compressão de aço e pontas das asas de fibra de vidro, possuindo dois pontos de fixação. Sua fuselagem é do tipo treliça reticular de aço soldado e revestido de tela, possuindo tratamento anticorrosivo à base de cromato de zinco. Seu motor tem 115 hp a 2800 RPM. Possui 4 cilindros opostos horizontalmente, resfriados a ar. Utiliza um carburador e dois magnetos. O sistema de lubrificação é do tipo cárter úmido, possuindo uma bomba de engrenagem que, por pressão, conduz o óleo para o motor.

Design[editar | editar código-fonte]

O AB-115 é uma aeronave mono-plano de asa alta e perfil NACA 23012. A asa e a nacele são feitas de liga de alumínio reforçado, e as pontas das asas feitas em fibra de vidro, enquanto o resto da fuselagem e empenagem são revestidos em tela com tratamento anticorrosivo, com sua estrutura em tubos de aço soldados.

A versão de treinamento, sendo esta a mais comum, contém dois assentos em configuração tandem, com o aluno-piloto no assento dianteiro, e o instrutor no assento traseiro. Atrás do assento traseiro há um compartimento para bagagens, com uma capacidade de no máximo 25 kg. O assento dianteiro possui um cinto de três pontos, enquanto o traseiro tem um cinto simples, abdominal. Ambos os ocupantes entram e saem por uma única e larga porta no lado direito da cabine.

Os comandos de voo são duplicados, sendo o manche central, manete de potência, pedais do leme e do freio mecanicamente conectados aos do assento traseiro. O manche e a manete de potência do assento traseiro podem ser removidos para levar passageiros.

Os comandos de voo primário são atuados por cabos e polias. Os ailerons são fabricados de liga de alumínio, enquanto o leme e profundor são feitos de tubos de aço revestidos em tela. Os flapes tem quatro posições (0º, 15º, 30º e 45º), e são atuados mecanicamente por uma alavanca na parte superior esquerda da cabine. O compensador do profundor está localizado no bordo de saída do mesmo, e é atuado por uma alavanca do lado esquerdo da cabine. O leme e o aileron esquerdo também possuem abas de compensador, porém estes só podem ser ajustados em solo.

Um motor Lycoming O-235-C2A arrefecido a ar, 115 hp, gira uma hélice metálica passo fixo de duas pás, modelo Sensenich 72 CK-050. O sistema de injeção de combustível utiliza um carburador FACET MA 3PA, equipado com aquecimento de carburador. O motor também é equipado com um alternador Prestolite, dois magnetos Bendix Scintilla S5LN e um motor de arranque Prestolite. O lubrificante é armazenado no cárter. O sistema de lubrificação também inclui um radiador de óleo na entrada de ar do motor.

A capacidade de combustível é de 115 litros, sendo o combustível utilizável apenas 110 litros. O motor pode ser alimentado com Avgas de 80/87, 100LL ou 100/130 octanas. São dois tanques de combustível feitos de alumínio, fixados por cintos metálicos na raiz de cada lado da asa. A quantidade de combustível é medida por dois vidros mostradores separados, um em cada lado da cabine. Há também duas seletoras de combustível, uma para cada tanque, podendo ser independentemente abertas ou fechadas.

A aeronave possui trem de pouso do tipo convencional. Cada uma das rodas do trem principal é fixada em três pontos: duas juntas articuladas, e um amortecedor. As rodas são feitas de liga de alumínio e magnésio, equipadas com freios independentes atuados hidraulicamente. A aeronave, entretanto, não possui freio de estacionamento - quando estacionada, deve ser necessariamente calçada. A bequilha é conectada ao leme por duas molas, mas também pode girar livremente quando destravada.

O painel de instrumentos é relativamente simples, sendo o AB-115 utilizado para treinamento de voo básico. Os instrumentos de voo são um velocímetro, altímetro, VSI e coordenador de curvas (pau e bola). Os instrumentos de motor são um tacômetro, dois instrumentos para pressão e temperatura do óleo e um amperímetro para o alternador. Para navegação, há uma bússola. O painel também possui um rádio Bendix/King VHF, e um transponder Bendix/King. A cabine é equipada com uma luz, que é ligada pelo mesmo interruptor das luzes de navegação, e sua luminosidade pode ser ajustada por um potenciômetro. A aeronave é também equipada com duas luzes para pouso, ambas no bordo de ataque da asa esquerda, mas estas não podem ser utilizadas continuamente por mais de cinco minutos.

Variantes[editar | editar código-fonte]

Aero Boero AB-115
Versão de treinamento.
Aero Boero AB-115BS
Versão de resgate/utilidade civil.
Aero Boero AB-115/150
Versão com um motor mais potente, um Lycoming O-320 de 150 hp. Pode ser utilizado para voos agrícolas.[3]

Especificações[editar | editar código-fonte]

Características gerais[editar | editar código-fonte]

  • Fabricante: Aero Boero (Argentina)
  • Número de assentos: 2
  • Motor: 1 AVCO Lycoming 0 235 C2A, 2400 Horas TBO
  • Potência: 115 hp a 2800 rpm
  • Comprimento: 7,23 m
  • Envergadura: 10,78 m
  • Altura: 2,05 m
  • Altura: 2,10 m
  • Peso vazio: 557 kg
  • Peso máximo na decolagem: 770 kg
  • Velocidade de cruzeiro: 145 km/h
  • Velocidade máxima: 220 km/h
  • Capacidade máxima do tanque de óleo: 5,68 litros (6 quarts de galao)
  • Capacidade mínima operacional do tanque de óleo: 3,79 litros (4 quarts de galao)
  • Autonomia: entre 4:30 e 5h. de voo
  • Consumo Horário: cerca de 25 Litros por hora
  • Capacidade individual dos 2 tanques de combustível: 57,5 litros
  • Volume total de combustível residual nos tanques: 5 litros
  • Velocidade de estol sem flaps: 52 mph
  • Velocidade de estol com 45 graus de flaps: 42 mph
  • Posições de flaps: 4 (0, 15, 30 e 45 graus)
  • Fator de Carga positivo (máximo): +3,8G (flaps recolhidos) +2,0G (flaps 45 graus)
  • Fator de Carga negativo (máximo): -1,52G (são proibidas manobras que produzam fator de carga negativo)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Taylor, John W. R. (editor). Jane's All the World's Aircraft 1976-77, pág. 1. London:Macdonald and Jane's, 1976. ISBN 0-354-00538-3.
  2. Uberlandia Aeroclub's Flying course, Chapter III - Aero Boero AB-115 aircraft technical manual, 2010 edition.
  3. M J H Taylor 1988, p.390.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Aero Boero AB-115