A Cidade e as Estrelas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Literatura.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição.

A Cidade e as Estrelas é um livro do escritor britânico Arthur C. Clarke, de 1956 (The City and the Stars em Inglês).

Em A Cidade e as Estrelas a humanidade conquistou o Universo para em seguida abrir mão dele e recuar para um último enclave utópico na superfície da Terra devastada. Diaspar é a última cidade humana, construída para funcionar como um computador que prevê todas as necessidades de seus cidadãos - eles mesmos reduzíveis a informações digitais na matrix de seus Bancos de Memória.

A hipertecnologia de Diaspar manipula a matéria, o tempo e o espaço. Mas os limites da cidade eterna, seus muros mais exteriores, são intransponíveis e foram erguidos também nas mentes de seus cidadãos.

Assim tem sido há um bilhão de anos. Até que Alvin, o único homem a nascer em Diaspar e um milhão de anos, se lança à tarefa de deixar os muros da cidade e descobrir o que existe além dos desertos - e além da própria Terra.