A Menina da Rádio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
A Menina da Rádio
A Menina da Rádio (PRT)
Portugal Portugal
1944 •  pb •  106 min 
Direção Arthur Duarte
Produção Companhia Portuguesa de Filmes (ex Tobis Portuguesa)
Roteiro João Bastos
Fernando Fragoso
Silva Tavares
Elenco Maria Matos
António Silva
Ribeirinho
Género comédia, musical
Música António Melo
Jaime Mendes
Fernando de Carvalho
Idioma portugues

A Menina da Rádio é um filme português de 1944 produzido pela Companhia Portuguesa de Filmes, cuja realização é de Arthur Duarte. Filme com conceituados e famosos actores e actrizes, como Maria Eugénia, Óscar de Lemos, Fernando Ribeiro, Teresa Casal, Maria Gabriela, Maria Olguim, Ribeirinho, António Silva e Maria Matos, que também neste filme contracenam como par amoroso.

O desempenho de António Silva neste filme, valeu-lhe o prémio do Secretariado Nacional de Informação (SNI) para o ano de 1944. Neste filme desempenha o papel de Cipriano Lopes, que é o orgulhoso propriétário da Pastelaria Bijou. É um apaixonado pelo progresso e sonha em criar uma rádio para o seu bairro, tendo como vedeta a sua filha (Maria Eugénia) e como compositor o seu futuro genro Óscar.

Cipriano reencontra o amor perdido na mãe do pretendente da filha, a D. Rosa (Maria Matos), com quem manteve uma paixão negada pela família durante a sua juventude.

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Ficha artística[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Fotobiografia de António Silva - Círculo de Leitores

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.