A Montanha Encantada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Montanha Encantada é o título do livro infanto-juvenil da escritora brasileira Maria José Dupré, originalmente publicado em 1945 e sucessivamente reeditado, e que dá origem à série de aventuras com os cães Pingo e Pipoca, e que servem de prenúncio ao Cachorrinho Samba, e em seguimento às aventuras iniciadas por um grupo de garotos em A Ilha Perdida.

Sinopse e capítulos do livro[editar | editar código-fonte]

A história trata da visita à fazendo pelo grupo de garotos composto por Oscar, Vera, Lúcia e Quico, aos quais se juntara a menina Cecília, uma prima, e que dá o mote da nova aventura ao relatar haver visto uma luz brilhar no alto da montanha ali existente.[1]

Da exploração do estranho brilho descobrem um mundo subterrâneo feito em ouro e habitado por anões, em que os valores diferem do mundo real.[1]

Dividido em dezoito capítulos, a obra revela como podem ser criativas as férias em um sitio, em que aventura se mistura à fantasia.[1]

Referências

  1. a b c Maria José Dupré (2006). A Montanha Encantada 29ª ed. [S.l.]: Ática. 126 páginas. ISBN 850808177-4 
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.