Abderramão ibne Abdalá Algafequi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Abderramão ibne Abdalá Algafequi
Batalha de Poitiers, por Charles de Steuben; Abderramão está sobre uma pedra, à direita.
Morte 25 de outubro de 732
Poitiers
Etnia Árabe
Progenitores Pai: Abdalá
Filho(a)(s) Iúçufe Alfiri
Ocupação Uale e general
Religião Islamismo

Abderramão,[1] Abederramão,[2] Abderramane[3] ou Abederramane[4] ibne Abdalá Algafequi[5][6] (em árabe: ‏عبد الرحمن بن عبد الله الغافقي‎; romaniz.: ʿAbd ar-Raḥmān ibn ʿAbd Allāh al-Ġāfiqī[7][8]) foi um general árabe e uale do Alandalus em 720 e de 730 até a morte.[9] Morreu lutando contra os francos de Carlos Martel na Batalha de Poitiers em 25 de outubro de 732,[8] que marcou o fim da expansão muçulmana no Ocidente.[8] Foi pai de Iúçufe Alfiri.[10][11]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Açame ibne Malique Alcaulani
Uale do Alandalus
720
Sucedido por
Ambaçá ibne Suaime Alcalbi
Precedido por
Maomé ibne Abdalá Asjai
Uale do Alandalus
730 — 732
Sucedido por
Abdal Malique ibne Catã Alfiri

Referências

  1. Alves 2014, p. 59.
  2. Serrão 1977, p. 57.
  3. Losa 1982, p. 39.
  4. Ocidente 1955, p. 101.
  5. Alves 2014, p. 58-59.
  6. Coelho 1989, p. 55.
  7. Alves 2016, p. 6.
  8. a b c Martins 2014, p. 96.
  9. Flood 2019, p. 18-19.
  10. Fernandes 2016, p. 32.
  11. Hitti 1970, p. 504.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Coelho, António Borges (1989). Portugal na Espanha Arabe: História. Lisboa: Editorial Caminho. ISBN 9722104209 
  • Flood, Timothy M. (2019). Rulers and Realms in Medieval Iberia, 711-1492. Jefferson, Carolina do Norte: McFarland & Company, Inc. 
  • Hitti, Philip Khuri (1970). History of the Arabs from the Earliest Times to the Present. Londres: Macmillan 
  • Losa, António (1982). «Colecção de moedas árabes do Museu de Pio XII (Braga)». Guimarães. Revista Guimarães 
  • «Ocidente». 49. 1955 
  • Serrão, Joaquim Veríssimo (1977). História de Portugal: Estado, pátria e nação (1080-1415). Lisboa: Editorial Verbo