Abdullah de Pahang

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Abdullah
16.º Rei da Malásia
Yang di-Pertuan Agong
Reinado 31 de janeiro de 2019
a atualidade
Investidura 30 de julho de 2019
Antecessor(a) Muhammad V
Vice-rei Nazrin Shah de Perak
Sultão de Pahang
Reinado 11 de janeiro de 2019
a atualidade
Coroação 15 de janeiro de 2019
Predecessor Ahmad Shah
Ministro-chefe Wan Rosdy Wan Ismail
 
Cônjuge Tunku Azizah Aminah Maimunah Iskandariah (n.1986)
Descendência Tengku Amir Nasser Ibrahim
Tengku Ahmad Iskandar Shah
Tengku Hassanal Ibrahim Alam Shah
Tengku Muhammad Iskandar Ri'ayatuddin Shah
Tengku Ahmad Ismail Mu'adzam Shah
Tengku Puteri Afzan Aminah Hafidzatullah
Tengku Puteri Jihan Azizah Athiyatullah
Tengku Puteri Iman Afzan
Tengku Puteri Ilisha Ameera
Tengku Puteri Ilyana
Casa Bandahara
Nome completo Tengku Abdullah ibni Tengku Ahmad Shah
Nascimento 30 de julho de 1959 (62 anos)
  Pekan, Pahang, Malásia
Pai Ahmad Shah
Mãe Tengku Ampuan Afzan

Tengku Abdullah, Sultão de Pahang, ou simplesmente Abdullah de Pahang, é o 16º Rei da Malásia.

Ele assumiu o trono em 31 de janeiro de 2019 e reinará por cinco anos.[1]

(Nota: o título oficial do monarca é Yang di-Pertuan Agong, o que pode ser traduzido do malaio como Líder Supremo).[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Abdullah é o quarto filho (o mais velho do sexo masculino) do sultão Ahmad Shah.[3]

Ele ascendeu ao trono aos 59 anos de idade, é casado com duas esposas, Tunku Hajah Azizah Aminah Maimunah Iskandariah (c. 1986) e Julia Rais (c. 1991), e tem 10 filhos, sendo um deles adotado e outro morto ainda pequeno em 1990.[4]

É membro do Conselho da Federação Internacional de Futebol Associação (FIFA), vice-presidente da Confederação Asiática de Futebol (AFC) e presidente da Federação Asiática de Hockey. Fã de esportes diversos, praticou polo enquanto estudou na Grã-Bretanha, onde se formou em Relações Internacionais e Diplomacia.

Seu herdeiro é o filho mais velho com sua primeira esposa, Tengku Hassanal Ibrahim Alam Shah, nascido em 1995.

Príncipe Herdeiro[editar | editar código-fonte]

Abdullah foi apontado como Tengku Mahkota, ou Príncipe Herdeiro de Pahang, em 1 de julho de 1975.

Príncipe Regente[editar | editar código-fonte]

Em 2016 foi nomeado pelo pai, então com 88 anos e diversos problemas de saúde, como Príncipe Regente de Pahang.[5]

Sultão de Pahang[editar | editar código-fonte]

Abdullah foi proclamado Sultão de Pahang em 15 de janeiro de 2019.

Referências

  1. «Novo rei assume trono da Malásia pelos próximos cinco anos». G1. Consultado em 21 de julho de 2019 
  2. «Yang di-Pertuan Agong». Wikipédia, a enciclopédia livre. 23 de março de 2019 
  3. «Sultan Ahmad Shah reigned for almost 45 years». Malay Mail (em inglês). 12 de janeiro de 2019. Consultado em 5 de dezembro de 2019 
  4. «Abdullah of Pahang». Wikipedia (em inglês). 19 de julho de 2019 
  5. «Sultão de Pahang, Tengku Abdullah, é nomeado novo rei da Malásia». noticias.uol.com.br. Consultado em 21 de julho de 2019