Portal:Monarquia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo · Temas gerais · Resumo do conhecimento · Portais · Categorias · Listas · Glossários · Índices · Índice A-Z

Heraldic Royal Crown (Common).svg Bem-vindo ao Portal da Monarquia


 ver·editar Monarquia
Crown of the Crown Prince of Norway.svg

Monarquia é uma forma de governo em que o chefe de Estado mantém-se no cargo até a morte ou a abdicação, sendo normalmente um regime hereditário. O chefe de Estado dessa forma de governação recebe o nome de monarca (Normalmente com o título de Rei ou Rainha) e pode também muitas vezes ser o chefe do governo. A ele, o ofício real de governo, é sobretudo o de reger e coordenar a administração da nação, em vista do bem comum em harmonia social.

O monarca quase nunca deteve poderes ilimitados, como muitas vezes é pensado. Foi num período muito curto que houve monarquias absolutas. Hoje em dia a grande maioria da monarquias são monarquias constitucionais, que lhes dá quase nenhum poder de governação do seu país, que é exercido por um primeiro-ministro.

Apesar da chefia do Estado hereditária ser a característica mais comum das monarquias, existem na história inúmeros casos de monarquias electivas, tais como a do milenar Sacro Império Romano-Germânico, a República das Duas Nações (república aristocrática, precursora da ideia de Monarquia Constitucional), e os atuais Vaticano, Andorra, Camboja, Emirados Árabes Unidos, Kuwait, Malásia, Suazilândia, não sendo consideradas repúblicas.

 ver·editar Artigo selecionado
Palazzo di Westminster.JPG

A monarquia constitucional, surgiu na Europa nos finais do século XVII, com a Revolução Gloriosa inglesa, em 1688. A sua característica principal reside no facto do exercício da autoridade estatal do monarca estar na dependência de um Parlamento que está reunido de forma permanente. O monarca personifica a autoridade do Estado. A sucessão monárquica pode estar regulamentada pela legislação estatal ou por preceitos de ordem familiar. Desde meados do XIX, a monarquia constitucional apresenta frequentemente uma forma democrática de estado, com as regras constitucionais daí decorrentes. A sucessão pode ser eletiva ou hereditária, conforme os países ou épocas. A monarquia inglesa, desde o século XVII, adotou este tipo de monarquia, tornando-se na mais antiga democracia do mundo e servindo de modelo a todas as democracias atuais (sejam elas monárquicas ou republicanas). A Constituição deve emanar da nação e estabelecer as regras do governo. O parlamento, e especialmente a Câmara dos Comuns que representa a nação, personifica o direito face ao monarca. As monarquias francesas de 1790 a 1792 e, em seguida, a partir de 1815 a 1848, baseiam-se neste princípio. Nestas formas de monarquia, ao passo que o sistema parlamentar se desenvolve gradualmente, a soberania passa do rei para a nação.

 ver·editar Monarca selecionado
King Carl XVI Gustaf at National Day 2009 Cropped.png

Carlos XVI Gustavo (Solna, 30 de abril de 1946) é o Rei da Suécia desde 1973, tendo sucedido seu avô Gustavo VI Adolfo. Foi o único filho do príncipe Gustavo Adolfo, Duque de Västerbotten, e de sua esposa a princesa Sibila de Saxe-Coburgo-Gota, sendo o sétimo monarca sueco da Casa de Bernadotte. Ele é casado com Sílvia Sommerlath, com quem têm três filhos: Vitória, Princesa Herdeira, Carlos Filipe, Duque de Värmland, e Madalena, Duquesa de Hälsingland e Gästrikland.

 ver·editar Membro da realeza selecionado
Wassenaar, najaar 2014, de Prinses van Oranje.jpg

Catarina Amália Beatriz Carmem Vitória, Princesa de Orange (Haia, 7 de dezembro de 2003) é a primeira filha do rei Guilherme Alexandre I e da rainha Máxima dos Países Baixos. Ao nascer, recebeu os títulos de Princesa dos Países Baixos e Princesa de Orange-Nassau. Quando o seu pai ascendeu ao trono, recebeu o título de Princesa de Orange, sendo que é a primeira na linha de sucessão ao trono e que provavelmente sucederá ao seu pai como Rainha dos Países Baixos. A Princesa vive com os pais e irmãs, Alexia e Ariana, em Wassenaar.

 ver·editar Imagens selecionadas
 ver·editar Sabia que
Dronning Margrethe II (crop).jpg
 ver·editar Consorte selecionado
Prince Philip March 2015.jpg

Filipe da Grécia e Dinamarca, Duque de Edimburgo (Corfu, 10 de junho de 1921) é o marido da rainha Isabel II e consorte do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte desde 1952. Ele é o consorte mais velho e de maior reinado na história da monarquia britânica, além de o homem mais velho da história da família real britânica. Filipe nasceu nas famílias reais grega e dinamarquesa, porém sua família foi exilada da Grécia quando ele ainda era criança. Depois de estudar na França, Inglaterra, Alemanha e Escócia, ele entrou na Marinha Real Britânica em 1939 aos dezoito anos. Ele começou a se corresponder em julho com a princesa Isabel, de treze anos, quem havia conhecido em 1934. Ele serviu no Mediterrâneo e no Pacífico durante a Segunda Guerra Mundial.

 ver·editar Navegação