Herdeiro aparente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Herdeiro aparente é um termo[1] usado para referir-se ao herdeiro ao trono[2] de um país, em contraste a herdeiro presuntivo[1].

A maioria das monarquias concede ao herdeiro aparente o título de "príncipe-herdeiro", como no Japão, embora haja versões mais específicas, tais como Príncipe das Astúrias (Espanha)[3], Príncipe de Gales (Reino Unido[1]) e Príncipe de Orange (Países Baixos[1]).

Herdeiros aparentes atuais[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Desconhecido. «Heir apparent» (em inglês). tititudorancea. Consultado em 12 de setembro de 2011. 
  2. News. «Royal succession reform is being discussed, Clegg says» (em inglês). BBC. Consultado em 12 de setembro de 2011. 
  3. "Alteza Real Princesa de Asturias", no site da Casa Real de Espanha (em galego). Consultado em 13 de dezembro de 2017.
  4. News. «Prince Charles becomes longest-serving heir apparent» (em inglês). BBC. Consultado em 12 de setembro de 2011. 
Ícone de esboço Este artigo sobre títulos de nobreza é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.