Isabel, Duquesa de Brabante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Isabel
Duquesa de Brabante
Nascimento 25 de outubro de 2001 (20 anos)
  Hospital Erasmo, Anderlecht, Bélgica
Nome completo Isabel Teresa Maria Helena
Casa Saxe-Coburgo-Gota
Pai Filipe da Bélgica
Mãe Matilde d'Udekem d'Acoz
Religião Catolicismo
Brasão

Isabel Teresa Maria Helena (Anderlecht, 25 de outubro de 2001) é a filha mais velha do rei Filipe da Bélgica e de sua esposa a rainha Matilde, sendo a herdeira aparente ao trono do Reino da Bélgica. Isabel possui dois irmãos mais novos, os príncipes Gabriel e Emanuel, e uma irmã mais nova, a princesa Leonor.[1]

Como filha primogênita do rei, Isabel detém o título de Duquesa de Brabante e ocupa o primeiro lugar na linha de sucessão, devendo se tornar a primeira mulher a ocupar o trono belga.[1]

Nascimento e batizado[editar | editar código-fonte]

A princesa Isabel (Elizabeth, originalmente) nasceu no dia 25 de outubro de 2001, às 21h58 (horário local), no Hospital Erasmus, em Anderlecht, uma cidade próxima de Bruxelas, sendo a filha do então Filipe, Duque de Brabante, e sua esposa, Matilde.

Seus nomes são:

  • Isabel: Em homenagem a sua tia materna, Condessa Isabel d'Udekem d'Acoz; e a sua trisavó, Isabel da Baviera, Rainha dos Belgas.
  • Teresa: Em homenagem a sua tetravó materna, Princesa Teresa Karolina Sulkowska
  • Maria: Em homenagem à Virgem Maria
  • Helena: Em homenagem a sua tia materna, Condessa Helena d'Udekem d'Acoz.

Isabel foi batizada no Castelo Real de Ciergnon, no dia 9 de dezembro, pelo cardeal Godfried Danneels, o Arquidiocese de Malinas-Bruxelas. Na cerimônia, estiveram presentes amigos e familiares de seus pais, incluindo representantes de outras Casas Reais.

Seus padrinhos foram: seu primo paterno, Amadeu da Bélgica, Arquiduque da Áustria-Este, e a condessa Hélène d'Udekem d'Acoz, sua tia materna.

Educação[editar | editar código-fonte]

Em 2005, a princesa Isabel ingressou na escola pública de Saint-Jan Berchmans, em Bruxelas, onde estudou as línguas oficiais da Bélgica flamengo, francês e alemão.[2]

Em 19 de março de 2018, a Casa Real informou em sua página na web que a princesa estudaria no UWC Atlantic College, em Gales, onde se graduou em 2020.[3]

A princesa, segundo seu perfil oficial, é fluente em holandês, francês, alemão e inglês, e também toca piano.[1]

Ela também frequentou o Programa Yale Young Global Scholars, na Universidade de Yale.[1]

Em 31 de agosto de 2021, a Casa Real anunciou que a partir de Outubro de 2021 a Princesa Isabel, estudará no Lincoln College da Universidade de Oxford. Ela completou com sucesso os exames de admissão para um programa de três anos em "História e Política".[4] A Princesa Isabel já conhece bem o Reino Unido, Em 2020, ela obteve seu Bacharelado Internacional no País de Gales, no UWC Atlantic College.[5]

Treinamento militar[editar | editar código-fonte]

Tendo terminado seu bacherelato internacional [equivalente ao ensino médio] em Gales, Elizabeth começou um curso de Ciências Sociais e Militares na Royal Military School na Bélgica.[1]

Funções e deveres reais[editar | editar código-fonte]

Isabel não tinha deveres oficiais antes de completar 18 ano, mas, segundo a Casa Real, "em 2011 ela completou sua primeira atividade oficial com a inauguração do Hospital Infantil Princesa Elisabeth".[1]

Em 2014, aos 13 anos, ela fez seu primeiro discurso oficial, num evento alusivo à Primeira Guerra Mundial.[6]

Sua presença, como a de seus irmãos, mesmo ainda menores, era comum em eventos da realeza belga, como durante as comemorações do Dia Nacional.[7]

Hobbies e interesses pessoais[editar | editar código-fonte]

Isabel pratica ténis, esqui, vela e mergulho. Ela também gosta da vida familiar, além de estar e viajar com os amigos. Segundo seu perfil oficial, ela também gosta de ler e de estar em contato com a natureza.[1]

Ela se voluntaria para ajudar crianças com dificuldades de aprendizagem, idosos, sem-teto e pessoas com deficiência.[1]

Títulos e estilos[editar | editar código-fonte]

  • 25 de outubro de 2001 - 21 de julho de 2013: "Sua Alteza Real, princesa Isabel da Bélgica."
  • 21 de julho de 2013 - presente: "Sua Alteza Real a Duquesa de Brabante"

Seus títulos completos são: "Sua Alteza Real, Isabel Teresa Maria Helena, Princesa da Bélgica, Duquesa de Brabante"

Condecorações[editar | editar código-fonte]

Bélgica[editar | editar código-fonte]

Antepassados[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h «Princess Elisabeth, Duchess of Brabant». The Belgian Monarchy (em inglês). Consultado em 2 de março de 2021 
  2. http://www.hola.com/realeza/2006/09/04/felipe-matilde/
  3. «Elisabeth de Bélgica estudiará en el Reino Unido». HOLA USA (em espanhol). 20 de março de 2018 
  4. «History and Politics | University of Oxford». www.ox.ac.uk. Consultado em 31 de agosto de 2021 
  5. «Études Princesse Elisabeth | La Monarchie belge». The Belgian Monarchy (em francês). Consultado em 31 de agosto de 2021 
  6. «Elisabeth da Bélgica faz o seu primeiro discurso oficial». Consultado em 14 de julho de 2015 
  7. «Caras | Princesa Elizabeth protagonista das comemorações do Dia Nacional da Bélgica». Caras. 22 de julho de 2015. Consultado em 2 de março de 2021 
  8. «Margaret II, Queen of Denmark > Ancestors». RoyaList. Consultado em 15 de novembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Página de Elizabeth no website oficial da Casa Real