Belize

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o município de Angola, veja Belize (Cabinda).
Belize
Bandeira do Belize
Brasão de armas do Belize
Bandeira Brasão de armas
Lema: Sub Umbra Floreo
(Latim: "Floresço à sombra")
Hino nacional: Land of the Free
Gentílico: belizenho,
belizense

Localização

Capital Belmopan
Cidade mais populosa Cidade de Belize
Língua oficial Inglês
Línguas reconhecidas Crioulo belizenho, garífuna, línguas maias e espanhol
Governo Monarquia constitucional
Democracia parlamentarista
 - Monarca Isabel II
 - Governador-geral Colville Young
 - Primeiro-ministro Dean Barrow
Independência do Reino Unido 
 - Declarada 21 de Setembro de 1981 
Área  
 - Total 22 966 km² (150.º)
 - Água (%) 0,7
População  
 - Estimativa para 2020 397 628[1] hab. (179.º)
 - Densidade 17 hab./km² (198.º)
PIB (base PPC) Estimativa de 2012
 - Total US$ 2,896 bilhões (português brasileiro) ou 2,8 mil milhões (português europeu) USD[2] (163.º)
 - Per capita US$ 8,264 USD[2] (76.°.º)
IDH (2018) 0,720 (103.º) – alto[3]
Moeda Dólar de Belize (português brasileiro) ou dólar do Belize (português europeu) (BZD)
Fuso horário (UTC-6)
Org. internacionais ONU, OMC, OEA, CARICOM, CELAC
Cód. ISO BLZ
Cód. Internet .bz
Cód. telef. +501

Mapa

Belize (pronunciado em português europeu[bɨˈlizɨ]; pronunciado em português brasileiro[bɛˈlizi, beˈlizi]; pronunciado em inglês[bəˈliːz] (Sobre este somescutar ); no período colonial, designado por Honduras Britânicas) é um pequeno país soberano pertencente à comunidade das Caraíbas, situado na costa nordeste da América Central, e onde o inglês é língua oficial, apesar de o crioulo belizenho e de o castelhano serem comumente falados. O Belize é limitado a norte pelo México, a leste pelo golfo de Honduras, banhado pelo mar das Caraíbas (português europeu) (mar do Caribe (português brasileiro)) e a sul e a oeste pela Guatemala. A sua parte continental tem 290 km de norte a sul e 110 km de leste a oeste.

O Grande Buraco Azul, localizado próximo à ilha de Cayo Ambergris, em Belize.

Com 22 960 km² de área e uma população de 397 628 habitantes (est. 2020), o Belize possui a mais baixa densidade populacional da América Central.[4] A taxa de crescimento populacional situa-se nos 3,15% (est. 2012)[5] e é uma das mais altas da região, bem como uma das mais altas de todo o hemisfério ocidental. A abundância de espécies de fauna e flora e a sua diversidade de ecossistemas fazem do Belize um dos locais-chave do Corredor Biológico Mesoamericano.[6]

O Belize tem uma sociedade diversificada, compreendendo uma míriade de culturas e línguas. É a única nação da região com uma herança colonial britânica, mas, sendo parte do ocidente da América Ocidental, partilha uma herança comum com outros países centro-americanos. De um modo geral, o Belize é considerado uma nação com fortes ligações quer às Caraíbas, quer à América Latina. É membro da Comunidade das Caraíbas (CARICOM), da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC) e do Sistema da Integração Centro-Americana (SICA). Faz também parte da Comunidade de Nações (Commonwealth of Nations), sendo um dos reinos que têm a Rainha Isabel II como chefe de Estado.

Belmopan, ou Belmopã, é a capital do país enquanto que a cidade de Belize, com 61 461 habitantes, é a maior cidade.

História[editar | editar código-fonte]

Até a chegada dos europeus, o país era habitado pelos maias. No meio do século 17 chegaram mateiros ingleses à costa. Os espanhóis não tinham chegado até essa zona. Em 1968, os Estados Unidos foram juízes de arbitragem para que o Reino Unido e Guatemala reconhecessem a independência de Belize, o que se conseguiu em 1981. Guatemala reconheceu o país em 1992.

Independência[editar | editar código-fonte]

Pequenas ilhas banhadas pelo mar do Caribe situadas em Belize.

Reformas constitucionais foram iniciadas em 1954 e resultou em uma nova constituição, dez anos depois. O Reino Unido concedeu a Honduras Britânicas um autogoverno em 1964, e o líder da independência George Price tornou-se primeiro-ministro da colônia. As Honduras Britânicas foram rebatizadas oficialmente em 1973, com o nome de Belize.

O PUP ganhou todas as eleições até 1984. Desde a independência, uma guarnição britânica foi mantida em Belize, a pedido do governo de Belize, incluindo, às vezes, os jatos Harrier.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Geografia de Belize

O norte de Belize consiste principalmente de planícies costeiras planas e pantanosas, densamente florestadas em alguns lugares. Para o sul se encontra a corrente montanhosa baixa das Montanhas Maia, das quais o ponto mais alto em Belize é o Doyle's Delight, a 1124 metros de altitude. Belize se encontra localizada entre os rios Fundo e Sarstoon, com o Rio de Belize fluindo no centro do país. Ao longo de toda a costa caribenha se encontram recifes de coral. Belize é o lar da barreira de coral mais longa do hemisfério ocidental e a segunda mais longa no mundo depois da Grande Barreira de Coral.

O clima local é tropical e normalmente muito quente e úmido. A temporada chuvosa dura de maio a novembro, durante a qual perigos naturais como furacões e inundações são comuns.

As florestas cobrem mais da metade de Belize. Nas planícies, há uma floresta tropical com mogno e muitas espécies de orquídeas. A montante, as principais espécies são coníferas. A conservação é considerada importante e 18 parques nacionais incluem a única área protegida da Jaguar no mundo.[7]

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima local é tropical e geralmente muito quente e úmido, embora haja variações significativas nos padrões climáticos por região. As temperaturas variam de acordo com a altitude, a proximidade da costa e os efeitos moderadores dos ventos alísios do nordeste fora do Caribe. As temperaturas médias nas regiões costeiras variam de 24° C em janeiro a 27° C em julho. As temperaturas são um pouco mais altas no interior, exceto nos planaltos do sul, como a Montanha Pine Ridge, onde o clima é visivelmente mais frio. Em geral, as estações do ano são mais marcadas por diferenças de umidade e precipitação do que pelas de temperaturas.[8]

A precipitação média varia consideravelmente, de 1350 mm no norte e oeste a mais de 4500 mm no extremo sul. As diferenças sazonais de precipitação são maiores nas regiões norte e central do país, onde, entre janeiro e abril ou maio, há menos de 100 mm de precipitação por mês. A estação seca é mais curta no sul, que geralmente dura apenas de fevereiro a abril. Há um período curto e menos chuvoso conhecido localmente como "pouco seco", que geralmente ocorre no final de julho ou agosto, após o início inicial da estação chuvosa.

Os furacões têm sido devastadores na história do Belize. Em 1931, um furacão sem nome destruiu mais de dois terços dos edifícios na cidade de Belize e matou mais de 1.000 pessoas. Em 1955, o furacão Janet devastou a cidade de Corozal, no norte. Apenas seis anos depois, o furacão Hattie atingiu a área costeira central do país, com ventos de mais de 300 km/h e 4 metros de maré. A devastação da cidade de Belize pela segunda vez em trinta anos levou à realocação da capital a 80 km para o interior. A cidade planejada de Belmopán se tornou a nova capital. O furacão Greta causou mais de US$ 25 milhões em danos ao longo da costa sul em 1978. Em 9 de outubro de 2001, o furacão Iris atingiu a cidade de Monkey River, com ventos de 145 km/h e categoria quatro. A tempestade demoliu a maioria das casas da cidade e destruiu a plantação de bananas. Em 2007, o furacão Dean atingiu o solo como uma tempestade de categoria cinco, a apenas 25 quilômetros ao norte da fronteira mexicana. Dean causou grandes danos no norte de Belize.

Política[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Política de Belize

Belize é uma democracia parlamentar e membro da Commonwealth. O monarca britânico é o chefe de estado e é representado no país por um governador-geral que deve ser belizenho. O principal órgão executivo do governo é o gabinete, liderado por um primeiro-ministro que é chefe de governo. Os ministros do gabinete não são membros do partido político com maioria no parlamento e geralmente mantêm os cargos eleitos dentro dele concorrentemente com suas posições no gabinete.

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Subdivisões de Belize
Subdivisões de Belize.
O mar do Caribe em Belize.

Belize está dividido em seis distritos.

Economia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Economia de Belize
A Praia de São Pedro, no Belize.

A pequena e essencialmente privada economia do Belize baseia-se principalmente na incorporação de empresas offshore,[9][10] na agricultura, na indústria de base agrária e no merchandising, com o turismo (em especial as áreas ligadas ao mergulho) e a construção crescendo em relevância econômica nos últimos anos. O açúcar é o produto agrário mais importante e é responsável por quase metade das exportações, enquanto que a indústria da banana é o maior empregador do país. A produção de citrinos tem-se constituído numa indústria importante ao longo da estrada Hummingbird.

As políticas expansiva, monetária e fiscal do governo iniciadas em setembro de 1998 levaram a um crescimento do PIB de 6,4% em 1999 e de 10,5% em 2000. O crescimento regrediu para 3% em 2001 devido à desaceleração econômica global e a severos danos à agricultura, pescas e turismo provocados por furacões. As principais fontes de preocupação governamental continuam a ser o crescimento rápido do défice comercial e a dívida externa. Um objetivo-chave de curto prazo é a redução da pobreza com a ajuda de doadores internacionais.

Em 2009, havia mais belizianos vivendo fora do país (em especial nos Estados Unidos da América) do que no próprio Belize, e uma porção muito significativa do PNB do Belize provém das remessas desses emigrantes.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Demografia de Belize
Pequenas ilhas banhadas pelo mar do Caribe situadas em Belize.
Evolução demográfica em Belize.

A população do Belize é composta em sua maior parte por pessoas de ascendência multirracial. Cerca de metade da população de Belize é de ascendência mista, maia e europeia (mestiços), 25% são de ascendência africana e afro-europeia (crioula), cerca de 10% são maias e cerca de 6% são afro-ameríndios (Garifuna). O restante inclui grupos de origem europeia, indiana, chinesa, norte-americana e do médio oriente.

Línguas[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Línguas de Belize

O inglês é a língua oficial. A maior parte dos belizianos que não tenham imigrado recentemente de países vizinhos têm pelo menos um conhecimento básico de inglês. O inglês e um crioulo inglês predominam ao longo da costa e no centro e sul do país. No oeste e no norte, o espanhol é mais falado. O espanhol é a língua materna de cerca de 50% da população e é falado como segunda língua por outros 36%.[11] Os vários grupos maia ainda falam línguas maia e um dialecto crioulo inglês, semelhante aos dialectos crioulos das ilhas das Caraíbas de língua inglesa, é falado pela maioria. Algumas comunidades do sul do Belize falam principalmente garifuna.

Religião[editar | editar código-fonte]

Segundo o último censo demográfico de Belize, cerca de 40% da população é católica. A igreja anglicana e outros grupos cristãos protestantes compõem a maior parte do restante. Cerca de 5% pertence à comunidade menonita de língua alemã/Plautdeutsch. A composição religiosa segue o seguinte padrão:[12]

Religião %
Católicos Apostólicos Romanos 40,1%
Protestantes 33,5%
Sem religião 15,5%
Outras religiões 10,3%

Perfil étnico[editar | editar código-fonte]

O Belize é um dos países mais culturalmente diversos do Caribe. Segundo o CIA World Factbook, a composição étnica do país segue o seguinte padrão:[13]

Etnia %
Mestiços 52,9%
Crioulos 25,9%
Maias 11,3%
Garífunas 6,1%
Indianos 3,9%
Alemães 3,6%
Outros povos caucasianos 1,2%
Asiáticos orientais 1%
Outros/desconhecido 0,3%

Cidades mais populosas[editar | editar código-fonte]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Energia[editar | editar código-fonte]

De acordo com uma nota técnica do Banco Interamericano de Desenvolvimento, embora Belize possua fontes locais de energia, 63% do abastecimento de energia do país foi importado em 2010, principalmente na forma de fontes secundárias de energia, tais como os produtos refinados de petróleo ou a eletricidade.[14]

As fontes belizenhas de energia que correspondem a 37% da energia consumida internamente foi obtida de fontes locais, tais como a biomassa (produtos de carvão vegetal e cana de açúcar), energia hidrelétrica e jazidas locais de combustíveis fósseis (petróleo e gás natural).[14]

Como Belize não possui capacidade de refino doméstico de petróleo, a maior parte da produção de petróleo do país é exportada, embora parte do petróleo seja queimada diretamente pelo setor industrial. A eletricidade de Belize é fornecida principalmente por meio de uma linha de transmissão de 115 kV que cobre todas as seções norte e oeste do país e está interconectada com o México, atualmente a fonte de energia mais confiável. As áreas do sul do país são parcialmente cobertas por uma linha de transmissão de 69 kV.[14]

A principal companhia responsável pela distribuição de energia pelo país é a Belize Electricity Limited (BEL)[14], companhia que foi fundada em 1950.

Educação[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Educação na em Belize

A Educação em Belize é disciplinada por uma lei chamada Education Act (Chapter 36 of the Laws of Belize).[15]

Saúde[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Saúde em Belize

A saúde em Belize é provida por uma rede composta por sistemas públicos e privados de saúde. O Ministério da Saúde (The Ministry of Health), conhecido pela sigla MoH, é o órgão governamental responsável por regular todo o setor de saúde do país e, também, é o maior fornecedor de serviços de saúde pública em Belize.[16]

Cultura[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Cultura de Belize

No Belize falam-se as línguas inglesa e espanhola. O país já foi uma colônia britânica, por isso fala-se inglês com sotaque britânico.

Belize localiza-se logo ao sul do México, recebendo influências culturais daquele país. É um país predominantemente católico, muitas escolas trazem nome de santos ou referências bíblicas e a educação religiosa faz parte da grade curricular.

A televisão exibe principalmente programação importada, em geral de países do restante do continente americano (do norte, central e do sul).

Esportes[editar | editar código-fonte]

Os principais esportes de Belize são futebol, basquetebol, voleibol e ciclismo.

O futebol é atualmente o principal esporte para espectadores em Belize e é amplamente coberto pelos noticiários. O futebol tem raízes que remontam a meados do século 20 em competições amadoras, realizadas principalmente na cidade de Belize. Em 1991, a primeira liga (semi) profissional de Belize, a Liga Semiprofissional de Futebol de Belize, foi formada com equipes de todos os distritos, exceto Stann Creek e Toledo, que se juntaram mais tarde. Esta liga é agora conhecida como a Belize Premier Football League (BPFL). O corpo governante geral do futebol em Belize é a Federação de Futebol de Belize (FFB). Embora Belize tenha tido algum sucesso em nível regional e de clube, seu registro internacional é notoriamente fraco.[17]

A equipe nacional de basquete de Belize é a única equipe nacional que alcançou grandes vitórias internacionalmente. A equipe venceu o Campeonato de Basquete Masculino CARICOM de 1998, realizado no Centro Cívico da cidade de Belize, e posteriormente participou do Torneio Centrobasquet de 1999 em Havana. A equipe nacional terminou em sétimo dos oito times, depois de vencer apenas 1 jogo, apesar de jogar de perto. Em um compromisso de retorno no campeonato CARICOM de 2000 em Barbados, Belize ficou em quarto lugar. Pouco tempo depois, Belize mudou-se para a região da América Central e venceu o campeonato dos Jogos da América Central em 2001.

Referências

  1. «Countries in the world by population (2020)». Worldometers. Consultado em 19 de maio de 2020 
  2. a b «Belize» (em inglês). Fundo Monetário Internacional. Consultado em 17 de abril de 2012 
  3. «Human Development Report 2019» (PDF) (em inglês). Human Development Report (Human Development Report Office) - United Nations Development Programme. Consultado em 12 de dezembro de 2019 
  4. «World Population Prospects: The 2008 Revision Population Database» (em inglês). United Nations. 11 de março de 2009. Consultado em 29 de agosto de 2010. Arquivado do original em 19 de Agosto de 2010 
  5. «Belize» (PDF). 2010 Belize Housing and Population Census (em inglês). Statistical Institute of Belize. Consultado em 7 de junho de 2012 
  6. «Ecosystem Mapping.zip». Consultado em 3 de julho de 2012 
  7. Geography Commonswealth Secretariat
  8. Clima Belize
  9. SFM - Empresas offshore em Belize
  10. Incorporação de empresas offshore IBC e LLC (LDC) em Belize
  11. [1]
  12. «Wayback Machine» (PDF). 27 de janeiro de 2016. Consultado em 12 de setembro de 2017 
  13. «CIA - The World Factbook». 13 de maio de 2013. Consultado em 12 de setembro de 2017 
  14. a b c d Gischler, Christiaan; Rodriguez, Enrique; Sánchez, Laura Rojas; Torres, W.; Servetti, Gianmarco; Olson, Lars (2014). «The Energy Sector in Belize» (PDF). Inter-American Development Bank. Consultado em 7 de junho de 2020 
  15. «Chapter 36: Education Act» (PDF). Government of Belize. Consultado em 7 de junho de 2020 
  16. «Health Systems Profile Belize (2009)». Pan American Health Organization/World Health Organization. Consultado em 7 de junho de 2020 
  17. https://int.soccerway.com/teams/belize/belize/282/

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Belize
Bandeira de Belize Belize
Bandeira • Brasão • Hino • Cultura • Demografia • Economia • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Imagens