Assembleia Geral da Organização dos Estados Americanos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Cartaz da XXXVIII Reunião Ordinária, Medelim, 2008.

A Assembleia Gera da Organização dos Estados Americanos (em inglês: Genera Assembly of the Organization of American States; em castelhano: Asamblea Genera de la Organización de los Estados Americanos; em francês: Assemblée Générale de l'Organisation des États Américains) é o principa órgão da Organização dos Estados Americanos (OEA).

Foi criada como parte da reestruturação da OEA levada a cabo com o Protocolo de Buenos Aires.[1]

Sessão ordinária Cidade País Data[2]
1.º (1971) São José  Costa Rica 14 a 23 de abril
2.º (1972) Washington, D.C.  Estados Unidos 11 a 21 de abril
3.º (1973) Washington, D.C.  Estados Unidos 4 a 15 de abril
4.º (1974) Atlanta  Estados Unidos 19 de abril a 1 de maio
5.º (1975) Washington, D.C.  Estados Unidos 8 a 19 de maio
6.º (1976) Santiago  Chile 4 a 18 de junho
7.º (1977) Saint George  Granada 14 a 22 de junho
8.º (1978) Washington, D.C.  Estados Unidos 21 de junho a 1 de julho
9.º (1979) La Paz  Bolívia 22 a 31 de outubro
10.º (1980) Washington, D.C.  Estados Unidos 19 a 26 de novembro
11.º (1981) Castries  Santa Lúcia 2 a 11 de dezembro
12.º (1982) Washington, D.C.  Estados Unidos 15 a 21 de dezembro
13.º (1983) Washington, D.C.  Estados Unidos 14 a 18 de novembro
14.º (1984) Brasília  Brasil 12 a 17 de novembro
15.º (1985) Cartagena das Índias  Colômbia 5 a 9 de dezembro
16.º (1986) Cidade da Guatemala  Guatemala 11 a 15 de novembro
17.º (1987) Washington, D.C.  Estados Unidos 9 a 14 de novembro
18.º (1988) São Salvador  El Salvador 14 a 19 de novembro
19.º (1989) Washington, D.C.  Estados Unidos 13 a 18 de novembro
20.º (1990) Assunção  Paraguai 4 a 8 de junho
21.º (1991) Santiago  Chile 3 a 8 de junho
22.º (1992) Nassau  Bahamas 18 a 23 de maio
23.º (1993) Manágua  Nicarágua 7 a 11 de junho
24.º (1994) Belém  Brasil 6 a 10 de junho
25.º (1995) Montrouis  Haiti 5 a 9 de junho
26.º (1996) Panamá  Panamá 3 a 7 de junho
27.º (1997) Lima  Peru 1 a 5 de junho
28.º (1998) Caracas  Venezuela 1 a 3 de junho
29.º (1999) Cidade da Guatemala  Guatemala 6 a 8 de junho
30.º (2000) Windsor  Canadá 4 a 6 de junho
31.º (2001) San José  Costa Rica 3 a 5 de junho
32.º (2002) Bridgetown  Barbados 2 a 4 de junho
33.º (2003) Santiago  Chile 8 a 10 de junho
34.º (2004) Quito  Equador 6 a 8 de junho
35.º (2005) Fort Lauderdale  Estados Unidos 5 a 7 de junho
36.º (2006) São Domingos  República Dominicana 4 a 6 de junho
37.º (2007) Panamá  Panamá 3 a 5 de junho
38.º (2008) Medelim  Colômbia 1 a 3 de junho
39.º (2009) San Pedro Sula  Honduras 31 de maio a 2 de junho
40.º (2010) Lima  Peru 6 a 8 de junho
41.º (2011) São Salvador  El Salvador 5 a 7 de junho
42.º (2012) Cochabamba  Bolívia 3 a 5 de junho
43.º (2013) Antigua Guatemala  Guatemala 4 a 6 de junho
44.º (2014) Assunção  Paraguai 3 a 5 de junho
45.º (2015) Washington, D.C.  Estados Unidos 14 a 16 de junho
46.º (2016) São Domingos  República Dominicana 13 a 15 de junho
47.º (2017) Cancún  México 19 a 21 de junho
48.º (2018) Washington  Estados Unidos 4 a 5 de junho
49.º (2019) Medelhim  Colômbia 26 a 28 de junho

Referências

  1. Organização dos Estados Americanos. «PROTOCOLO DE REFORMAS A LA CARTA DE LA ORGANIZACION DE LOS ESTADOS AMERICANOS "PROTOCOLO DE BUENOS AIRES"» (em espanhol). Departamento de Derecho Internaciona. Consultado em 2 de junho de 2008 
  2. OEA. «Regular Session of the General Assembly» (em inglês). Reuniões ordinárias da Assembleia Geral. Columbus Memoria Library. Consultado em 2 de junho de 2008. Arquivado do original em 14 de junho de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre relações internacionais, diplomacia ou sobre um diplomata é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.