Secretário-geral da Organização dos Estados Americanos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Secretário-geral da Organização dos Estados Americanos
Flag of the Organization of American States.svg
Bandeira da Organização dos Estados Americanos
Luisalmagro.jpg
No cargo
UruguaiLuis Almagro

desde 2015 - no cargo
Residência Estados Unidos Washington D.C.
Duração 5 anos e não poderá ser reeleito mais de uma vez ou sucedido por uma pessoa da mesma nacionalidade
Criado em 1948
Primeiro titular Alberto Lleras Camargo
Sucessão Eleito pela Assembléia Geral
Assinatura do diplomata brasileiro João Clemente Baena Soares na função

O Secretário-geral da Organização dos Estados Americanos é, de acordo com a Carta da Organização dos Estados Americanos, o cargo que compete dirigir a Secretaria-Geral, por ser o representante legal da mesma, e [...] ser responsável perante a Assembléia Geral pelo cumprimento adequado das obrigações e funções da Secretaria-Geral.

Eleição, mandato e competências[editar | editar código-fonte]

O Secretário-geral da Organização será eleito pela Assembléia Geral para um mandato de cinco anos e não poderá ser reeleito mais de uma vez ou sucedido por uma pessoa da mesma nacionalidade. No caso em que o gabinete do Secretário-Geral torna-se vago, o Secretário-Geral Adjunto assumirá as suas funções até que a Assembléia Geral procederá à eleição de um novo Secretário-Geral para um mandato completo.
O Secretário-geral, ou seu representante poderá participar, com voz, mas sem direito a voto em todas as reuniões da Organização.
O Secretário-geral poderá levar à atenção da Assembléia Geral ou do Conselho Permanente qualquer assunto que em sua opinião possa ameaçar a paz e a segurança do Hemisfério, ou o desenvolvimento dos Estados-membros.

Lista de secretários-gerais da OEA[editar | editar código-fonte]

Secretário-geral Período Estado
1 Alberto Lleras Camargo 1948 – 1954  Colômbia
2 Carlos Dávila 1954 – 1955  Chile
3 José A. Mora 1956 – 1968  Uruguai
4 Galo Plaza 1968 – 1975  Equador
5 Alejandro Orfila 1975 – 1984  Argentina
6 João Clemente Baena Soares 1984 – 1994  Brasil
7 César Gaviria 1994 – 2004  Colômbia
8 Miguel Ángel Rodríguez Setembro 2004 – Outubro 2004  Costa Rica
Luigi R. Einaudi (Interino) Outubro 2004 – Maio 2005  Estados Unidos
9 José Miguel Insulza 2005 – 2015  Chile
10 Luis Almagro 2015 – Presente  Uruguai

Secretário-geral adjunto[editar | editar código-fonte]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]