Reino de Mann e das Ilhas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Suðreyjar ok Norðreyjar
Kingdom of Mann and the Isles

Reino de Mann e das Ilhas

Império

Blank.png
1079 – 1266 Royal Standard of Scotland.svg
Localização de Reino de Mann e das Ilhas
O Reino nas ilhas da Grã-Bretanha
Continente Europa
Capital Castletown, Ilha de Man
Língua oficial Nórdico
Manês
Gaélico escocês
Religião Cristianismo
Governo Monarquia
Rei
 • 1079–1095 Godredo IV Crovan
 • 1252–1265 Magno III de Man
Período histórico Idade Média
 • 1079 de 1079 Batalha de Skyhill
 • 1266 de 1266 Tratado de Perth

O Reino de Mann e das Ilhas (em inglês: The Kingdom of Mann and the Isles) foi um reino nórdico que existiu nas Ilhas Britânicas entre 1079 e 1266. O reino teve duas partes, Sodor (Suðr-eyjar), ou Ilhas do Sul, e Norðr (Norðr-eyjar), ou Ilhas do Norte (Órcades e Xetlândia). Em 1164, o reino foi dividido em dois: Reino das Hébridas e Reino de Mann.

História[editar | editar código-fonte]

Formação[editar | editar código-fonte]

O reino foi formado por Godredo Crovan quando ele conquistar a Ilha de Man de outros viquingues, provavelmente em 1079. Nas duas primeiras tentativas de captura a Godredo foi derrotado e apenas na sua terceira tentativa é que ele se saiu vitorioso da Batalha de Skyhill, ocorrida próximo a Ramsey. Anteriormente, a ilha havia sido capturada entre 700-900, durante uma invasão das ilhas britânicas pelos Vikings. Até a chegada de Godredo as ilhas eram administradas pelos reinos nórdicos de Dublim e Órcades.

Extensão[editar | editar código-fonte]

O reino cobria as ilhas do norte do Mar da Irlanda e toda as ilhas da costa oeste da Escócia. Especificamente era:

Depois da divisão:

  • O último reino de Mann estava centrado em torno das Ilhas de Man e também continha as Hébridas Interiores e Exteriores formando o Reino das Hébridas.
  • O Condado das Órcades foi a última extensão do Reino Mann, que incluía partes da área continental da Escócia como Sutherland, Caithness e Inverness. O Reino foi muito influente nas partes ocidentais remotas da Escócia e Irlanda como Furness, Whithorn, Argyll e Galloway. Em certos tempos o Reino caiu no domínio dos Reis de Dublim e de Jovik.

O fim do Reino[editar | editar código-fonte]

Os dois Reinos foram reanexados a Escócia em 1266 com o Tratado de Perth. Porém, a Ilha de Man foi mais tarde tomada pela Inglaterra e é hoje uma região com uma administração autônoma nas Dependências da Coroa do Reino Unido. As duas Hébridas e as Ilhas de Clyde permancem como parte da Escócia.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.