Reino do Daomé

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde setembro de 2015). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.



Reino do Daomé

Reino

Blank.png
c. 1600 – 1904 Flag of France.svg

Bandeira de Daomé

Bandeira

Localização de Daomé
Continente África
Capital Abomei
Língua oficial Fon
Governo Monarquia
Ahosu (rei)
 • 1600-1645 Do-Aklin
 • 1894-1900 Agoli-agbo
História
 • c. 1600 Fundação
 • 1904 Estabelecimento do Daomé francês

O Daomé era um Estado da África, situado onde hoje se situa o Benim. O reino foi fundado no século XVII (c. 1600) e durou até 1904, quando foi conquistado com tropas senegalesas pela França e incorporado à África Ocidental Francesa.

Relações com o Brasil[editar | editar código-fonte]

O Reino de Daomé manteve relações diplomáticas com o Brasil, enviando uma missão diplomática em 1750, a fim de melhorar as relações entre os Estados, após um incidente em Daomé, o qual levou a expulsão de representantes luso-brasileiros do reino em 1753. Este relações se deve, principalmente, ao interesse econômico no tráfico negreiro[1].

Ademais, Daomé foi o primeiro Estado a reconhecer a independência do Brasil, em 1822, enviando representantes diplomáticos ao país[1].

Referências

  1. a b Macedo, José Rivair (21 de março de 2019). «A Embaixada de Daomé em Salvador (1750): Protocolos Diplomáticos e Afirmação Política de um Estado em Expansão na África Ocidental.». Revista Brasileira de Estudos Africanos (em inglês). 3 (6). ISSN 2448-3923. doi:10.22456/2448-3923.86065 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Reino do Daomé