Rei do Barém

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Rei do Barém (em árabe: ملك البحرين)‎ é o monarca e chefe de estado do Barém. Entre 1783 e 1971, o monarca baremense utilizada o título hakim, e, de 1971 até 2002, o título de emir. Em fevereiro de 2002, o emir do Barém à altura, Hamad ibn Isa Al Khalifa, declarou o Barém como reino e proclamou-se a si próprio como o primeiro rei.

Lista de monarcas[editar | editar código-fonte]

Hakim do Barém (1783–1971)[editar | editar código-fonte]

O título em árabe do hakim, transliterado, era Hakim al-Bahrayn (português: Senhor do Barém). O hakim tinha também o título honorífico de xeque.

  • Xeque Ahmed ibn Muhammad ibn Khalifa (1783–1796)
  • Xeque Abdullah ibn Ahmad Al Khalifa (1796–1843), como corregente
  • Xeque Sulman ibn Ahmad Al Khalifa (1796–1825), como corregente com Abdullah ibn Ahmad Al Khalifa
  • Xeque Khalifah ibn Sulman Al Khalifa (1825–1834), como corregente com Abdullah ibn Ahmad Al Khalifa
  • Xeque Muhammad ibn Khalifah Al Khalifa (1834–1842), primeiro reinado como corregente com Abdullah ibn Ahmad Al Khalifa
  • Xeque Muhammad ibn Khalifah Al Khalifa (1843–1868), segundo reinado
  • Xeque Ali ibn Khalifah Al Khalifa (1868–1869)
  • Xeque Muhammad ibn Khalifah Al Khalifa (1869–1869), terceiro reinado
  • Xeque Muhammad ibn Abdullah Al Khalifa (1869–1869)
  • Xeque Isa ibn Ali Al Khalifa (1869–1932)
  • S.A. Xeque Hamad ibn Isa Al Khalifa (1932–1942)
  • S.A. Xeque Salman ibn Hamad Al Khalifa (1942–1961)
  • S.A. Xeque Isa ibn Salman Al Khalifa (1961–1971), auto-proclamou-se Emir do Estado do Barém

Emir do Estado do Barém (1971–2002)[editar | editar código-fonte]

O título em árabe do emir, transliterado, era Amir dawlat al-Bahrayn (português: Príncipe do Estado do Barém). O emir tinha também o título honorífico de xeque.

Rei do Barém (2002–presente)[editar | editar código-fonte]

O título em áraba, transliterado, é Malik al-Bahrayn (português: Rei do Barém).