Dipangkorn Rasmijoti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Dipangkorn Rasmijoti
Príncipe da Tailândia
Herdeiro presuntivo da Tailândia
Reinado 13 de outubro de 2016 - presente
Antecessor(a) Maha Vajiralongkorn
 
Casa Chakri
Nascimento 29 de abril de 2005 (14 anos)
  Hospital Siriraj, Bancoque, Tailândia
Pai Maha Vajiralongkorn
Mãe Srirasmi Suwadee
Religião Budismo

O Príncipe Dipangkorn Rasmijoti (29 de abril de 2005) é o herdeiro presuntivo da Tailândia. Ele é o único filho do rei Maha Vajiralongkorn com a sua terceira esposa, Srirasmi Suwadee.

Infância e educação[editar | editar código-fonte]

Em 17 de junho de 2005, no Salão do Trono Ananda Samakhom em Banguecoque, foi realizada uma cerimônia chamada Phra Ratchaphithi Somphot Duean Lae Khuen Phra U para comemorar o primeiro mês do nascimento do príncipe, ocasião em que ele recebeu o título de Sua Alteza Real.

Antes de ser Rei da Tailândia, seu pai passou longas temporadas na Alemanha, onde Dipangkorn iniciou seus estudos, tanto que em 2017 ele visitou o Festival da Inverno na Tailândia acompanhado de vários amigos "estrangeiros". Em 2018, após o caso Resgate da Caverna de Tham Luang, na Tailândia, ele enviou um cartão aos envolvidos escrito em alemão. [1] [2]

Seus pais se separaram quando ele tinha 9 anos de idade.

Príncipe herdeiro[editar | editar código-fonte]

Dipangkorn em 2019

Dipangkorn é o herdeiro presuntivo e primeiro na linha de sucessão ao trono da Tailândia. No entanto, devido ao divórcio de seus pais em dezembro de 2014, a posição de Dipangkorn na linha de sucessão é incerta, uma vez que quando seu pai terminou seu relacionamento com sua segunda esposa ele renegou e deserdou seus quatro filhos do sexo masculino e uma vez que uma lei de 1924 dá direitos ao monarca de escolher seu sucessor. [3]

Deveres oficiais e aparições públicas[editar | editar código-fonte]

O Príncipe, apesar de jovem, costuma participar de diversas atividades públicas. Em outubro de 2017 ele se juntou ao um grupo de voluntários para preparar a Cerimônia de Cremação Real de seu avô, o Rei Bhumibol, tendo inclusive vestido um uniforme do grupo. Dias depois, sentou-se num café para acompanhar a procissão da cerimônia. [4] [5]

Em janeiro de 2019 ele visitou o Festival do Inverno acompanhado de alguns amigos da Alemanha, país onde morou com o pai antes deste se tornar rei, e, meses depois, foi presença constante nas cerimônias de coroação. [1] [6]

Títulos, honras e medalhas[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2019, por conta da coroação de seu paí, o Príncipe recebeu diversos títulos novos. [7]

Sua Alteza Real o Príncipe Dipangkorn Rasmijoti - de abril de 2005 a maio de 2019

Sua Alteza Real o Príncipe Dipangkorn Rasmijoti Maha Vajirojtamangkun Sirivibulyarajakumar - de maio de 2019 ao presente

Ordem do Mais Ilustre da Casa Real de Chakri - maio de 2019

Medalha do Monograma Real - maio de 2019

Referências[editar | editar código-fonte]


  1. a b «Prince Dipangkorn visits winter festival dressed in traditional attire». https://www.nationthailand.com (em inglês). Consultado em 3 de novembro de 2019 
  2. Charuvastra, Teeranai; Reporter, Staff (7 de julho de 2018). «King's Son Thanks Cave Rescuers – In German». Khaosod English (em inglês). Consultado em 3 de novembro de 2019 
  3. «What's behind the downfall of Thailand's Princess Srirasmi?» (em inglês). 1 de dezembro de 2014 
  4. «Prince Dipangkorn joins volunteers at royal temple». https://www.nationthailand.com (em inglês). Consultado em 3 de novembro de 2019 
  5. «Prince joins mourners viewing final procession». https://www.nationthailand.com (em inglês). Consultado em 3 de novembro de 2019 
  6. «Thai king wrapping up coronation with public audience». Mail Online. 6 de maio de 2019. Consultado em 3 de novembro de 2019 
  7. Thaiger, The; Nation, The (6 de maio de 2019). «HM The King confers new royal titles on his family - PHOTOS». The Thaiger (em inglês). Consultado em 3 de novembro de 2019