Leonor, Princesa das Astúrias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Leonor de Borbón
Princesa de Astúrias
Princesa de Girona
Princesa de Viana
Leonor de Borbón 2019 (cropped).jpg
Princesa de Astúrias
Reinado 19 de junho de 2014
presente (6 anos e 362 dias)
Antecessor(a) Filipe VI
 
Casa Bourbon
Nome completo Leonor de Todos los Santos de Borbón y Ortiz
Nascimento 31 de outubro de 2005 (15 anos)
  Madrid, Espanha
Pai Filipe VI de Espanha
Mãe Letícia Ortiz Rocasolano
Religião Catolicismo
Assinatura Assinatura de Leonor de Borbón
Brasão

Leonor, Princesa das Astúrias (em castelhano: Leonor de Todos los Santos de Borbón y Ortiz) (Madrid, 31 de outubro de 2005)[1] é a filha mais velha do rei Filipe VI e da rainha Letícia da Espanha. Atualmente, é a primeira na linha de sucessão ao trono espanhol.[2]

Herdeira da Coroa desde a proclamação de seu pai como rei, no dia 19 de junho de 2014, Leonor recebeu assim o título de princesa das Astúrias, junto com os títulos de princesa de Girona e princesa de Viana; correspondentes aos herdeiros dos reinos de Castela, Aragão e Navarra, cuja união formou no século XVI a monarquia espanhola. Ostenta, assim sendo, os títulos de duquesa de Montblanc, condessa de Cervera e senhora de Balaguer.

Ela tem uma irmã mais nova, a Infanta Sofia.

Nascimento[editar | editar código-fonte]

A infanta Leonor nasceu em 31 de outubro de 2005, na Ruber International Hospital, localizada em Madrid na Espanha, por meio de uma cesariana à 01:46 (hora local) com 3,5 kg e 47 cm,[3] o anúncio de seu nascimento foi comunicado à imprensa através de mensagens escritas por celular.

Parte das células do seu cordão umbilical foram conservadas e enviadas para um banco de conservação de células estaminais no Arizona;[4] e também outro público na Espanha.

No dia 07 de Novembro de 2005, a Leonor deixou o Hospital Internacional Ruber ao lado dos seus pais.[5][6]

Leonor possui uma irmã mais nova, a infanta Sofia da Espanha, nascida em 29 de abril de 2007.[7]

Batizado e Primeira Comunhão[editar | editar código-fonte]

Em 14 de janeiro de 2006, ela foi batizada com água do Rio Jordão, nos jardins do Palácio da Zarzuela, localizado nas montanhas de Madrid.[8] O oficiante foi o cardeal-arcebispo de Madrid, Antonio María Rouco Varela. Os padrinhos são os seus avós paternos, o Rei Juan Carlos da Espanha e a Rainha Sofia.

Em 20 de maio de 2015, como parte da sua educação católica, a Leonor recebeu oficialmente a sua primeira comunhão. A cerimônia foi marcada por quebrar a tradição: ela não usou um vestido branco e participou na celebração juntamente com outras crianças.[9][10]

Educação[editar | editar código-fonte]

Leonor ingressou na escola a 07 de setembro de 2007 no Infantário da Guarda Real no Palácio de El Pardo.

Em 15 de setembro de 2008, começou a sua educação infantil na instituição particular Colégio Santa María de los Rosales de Aravaca, nos arredores de Madrid. O seu pai é um ex-aluno desta escola.

Como primeira na linha de sucessão ao trono espanhol, apesar da sua tenra idade, a menina já está a ser preparada para assumir o papel que pertence ao seu pai, o rei Filipe VI desde o dia 19 de junho de 2014. Além das aulas normais que frequenta qualquer criança da sua idade, Leonor tem também aulas de mandarim duas vezes por semana e até já adquiriu alguns conhecimentos, como por exemplo, cantar algumas canções e enumerar as partes do corpo.[11] Além disso, tem contacto diário com a língua inglesa, pois a mãe, a rainha consorte Letícia, lê-lhe histórias nesse idioma. Também a rainha-mãe Sofia da Grécia usa o inglês para comunicar com os netos, tal como sempre fez com os seus três filhos: o atual rei Filipe e as infantas Elena e Cristina.

Leonor e sua irmã também dedicam uma boa parte do seu tempo à prática de balé, ténis, esqui e natação.

Contudo, por terem a consciência que toda a responsabilidade que é colocada em Leonor pode tornar-se um peso que a impeça de ter uma "criação" normal, o casal real o rei Filipe VI de Espanha e a consorte Letícia da Espanha, fazem questão que a sua filha caçula, a infanta Sofia de Bourbon e Ortiz, também siga os passos da irmã Leonor no que toca às atividades extracurriculares.

Para já, todo o esforço da família real espanhola para preparar Leonor para um lugar tão importante como rainha reinante da Espanha parece estar a dar frutos, pois a cada nova aparição pública a menina mostra-se mais à vontade, sem perder a sua postura de uma princesa da Espanha.[12]

Nos anos letivos 2021-2022 e 2022-2023 a princesa das Astúrias vai estudar no Reino Unido, mais especificamente no País de Gales, onde fará parte do programa de estudos do Bacharelado Internacional pelo UWC Atlantic College.[13][14]

Interesses pessoais e vida privada[editar | editar código-fonte]

Os reis de Espanha (o rei Filipe VI de Espanha e a consorte Letícia da Espanha) mantém, o máximo que podem, a vida das filhas em plano privado e além de algumas aparições públicas tradicionais, poucos se sabe das suas vidas.[15]

Em abril de 2016, Leonor assistiu com o pai um dos jogos de futebol das semifinais da Liga dos Campeões da UEFA entre o Atlético de Madrid e o Bayern de Munique, tendo inclusive comemorado o gol[16] do Atlético. [17] [18]

Herdeira do trono e Princesa das Astúrias[editar | editar código-fonte]

A princesa, junto ao seu pai Rei Felipe VI, durante a cerimónia de imposição do Toisón de Oro.

Leonor assumiu os títulos de 36ª Princesa das Astúrias, Princesa de Girona, Princesa de Viana, Duquesa de Montblanc, Condessa de Cervera e Senhora de Balaguer. Caso assuma o trono, será a primeira rainha reinante desde Isabel II de Espanha, sob o nome presuntivo de "Leonor II de Espanha" (já que em Navarra houve uma rainha, também, chamada Leonor no século XV).

A constituição espanhola, mantém a preferência masculina na linha de sucessão ao trono espanhol, isto é, os filhos varões têm precedência sobre as irmãs, mesmo que as irmãs sejam nascidas primeiro. Assim, Leonor só será a rainha reinante da Espanha, em caso de não ter um irmão varão caçula. Devido a isso, ela é considerada oficialmente como uma herdeira presuntiva, na lista de herdeiros ao trono espanhol.

No caso de Leonor se tornar oficialmente a rainha reinante, será a quarta mulher a reinar em Espanha, depois de Isabel I de Castela, Joana de Castela e Isabel II de Espanha.

Eventos oficiais[editar | editar código-fonte]

As suas aparições em público, como as de sua irmã Sofia, limitam-se a três ou quatro ocasiões durante o ano, que são: início do ano escolar, missa de Páscoa, férias em Palma de Maiorca, missa de Natal, e similares.[19]

Em 2010, Leonor assistiu pela primeira vez, com a irmã, a infanta Sofia, os avós e os pais, a uma recepção oficial no Palácio Real de Madrid como motivo da vitória da Seleção de Futebol de Espanha na Copa do Mundo FIFA de 2010. Em Dezembro de 2010, compareceu a um segundo ato oficial, quando assistiu a missa em honra de sua bisavó paterna, a Maria das Mercedes de Bourbon-Duas Sicílias, Condessa de Barcelona, evento esse que contou com a presença de toda a família real espanhola.

Em 2014, ela e a irmã participaram nos eventos de entronização do seu pai, o rei Filipe VI de Espanha.[20]

Em 12 de outubro de 2014, agora já na condição de Princesa das Astúrias, Leonor participou pela primeira vez das comemorações do Dia Nacional da Espanha.[21]

Em outubro de 2014, a figura de cera de Leonor foi apresentada no Museu de Cera de Madrid.[22]

Em 30 de novembro de 2015, um dia antes de seu 10º aniversário, ela recebeu a Ordem do Tosão de Ouro de seu pai, o rei Filipe VI de Espanha.[23][24][25] Fora a isso, o Conselho de Ministros da Espanha aprovou oficialmente o projeto de seu brasão e heráldica pessoal.[26] Em janeiro de 2018, o rei Filipe VI de Espanha deu oficialmente a Leonor o colar da Ordem do Tosão de Ouro, em uma cerimônia realizada no Palácio Real de Madrid. [27]

Em abril de 2016, Leonor assistiu pela primeira vez a um jogo de futebol da Liga dos Campeões da UEFA, na cidade de Madrid.[28]

Em 31 de outubro de 2018, no dia em que comemorava seu 13º aniversário, Leonor fez o seu primeiro ato público sozinha. Ela leu uma parte da Constituição espanhola de 1978 em um evento que celebrava a comemoração do documento no Instituto Cervantes, em Madrid. O seu pai havia feito o seu primeiro discurso com a mesma idade.[29][30]

Em 18 de outubro de 2019, Leonor fez o seu primeiro discurso significativo durante o Premio Princesa de Asturias.[31] Em 4 de novembro de 2019, ela fez o seu primeiro discurso nos Prêmios da Fundació Princesa de Girona em Barcelona,[32] no qual ela falou em espanhol, catalão, inglês e árabe.

Títulos e honras[editar | editar código-fonte]

  • 31 de outubro de 2005 - 19 de junho de 2014: Sua Alteza Real Leonor de Todos os Santos de Borbón y Ortiz, Infanta da Espanha (título por ser a primeira nascida do até então herdeiro espanhol)
  • 19 de junho de 2014 - presente: Sua Alteza Real Leonor de Todos los Santos de Borbón y Ortiz, Princesa das Astúrias, Princesa de Gerona, Princesa de Viana, Duquesa de Montblanc, Condessa de Cervera e Senhora de Balaguer (título herdado após o seu pai virar rei da Espanha)

Desde o seu nascimento ostentava o tratamento de Infanta de Espanha e em 2014, por decreto real, ganhou os títulos históricos dos diferentes reinos espanhóis; por isso recebeu o tratamento de Alteza Real:

Honras e condecorações[editar | editar código-fonte]

O colar lhe foi imposto oficialmente em 30 de janeiro de 2018, no dia em que seu pai comemorou 50 anos de idade, numa cerimônia especial no Palácio Real de Madrid da qual participaram sua mãe, sua irmã, seus avós paternos e maternos, sua tia Infanta Elena e o primeiro-ministro, além de outras autoridades. [34]

Brasão[editar | editar código-fonte]

Coat of Arms of Leonor, Princess of Asturias.svg
Coat of Arms of the Spanish Heir apparent as Prince of Girona.svg
Brasão de Leonor como Princesa de Astúrias
Brasão de Leonor como Princesa de Girona


Ascendência[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Anuncio del nacimiento de la primera hija de Sus Altezas Reales los Príncipes de Asturias . Casa de Su Majestad el Rey de España». www.casareal.es. Consultado em 7 de novembro de 2009 
  2. «Árvore Genealógica da Família Real». www.elmundo.es. Consultado em 7 de novembro de 2009  Texto " elmundo.es" ignorado (ajuda)
  3. http://www.hola.com/realeza/casa_espanola/2013103067811/infanta-leonor-cumple-ocho/
  4. Cózar, Álvaro de (25 de fevereiro de 2006). «Células madre de la infanta Leonor se conservan congeladas en Arizona». Madrid. El País (em espanhol). ISSN 1134-6582. Consultado em 9 de dezembro de 2020 
  5. «La Princesa de Asturias y la Infanta Leonor abandonan este lunes el hospital». Libertad Digital (em espanhol). 6 de novembro de 2005. Consultado em 9 de dezembro de 2020 
  6. «La Princesa de Asturias y la Infanta Leonor abandonan a las 12:00 horas el hospital». Libertad Digital (em espanhol). 7 de novembro de 2005. Consultado em 9 de dezembro de 2020 
  7. «Cópia arquivada». Consultado em 19 de junho de 2014. Arquivado do original em 4 de março de 2016 
  8. http://personales.ya.com/fororeal/bautizoinfantaleonor.htm
  9. «Princesa Leonor, da Espanha, rompe tradição em primeira comunhão». Consultado em 14 de julho de 2015 
  10. «Princesa Leonor faz primeira comunhão - dn». DN. Consultado em 14 de julho de 2015. Arquivado do original em 15 de julho de 2015 
  11. «Princess Leonor preparing for her royal role as Spain's future queen». HOLA 
  12. http://caras.sapo.pt/realeza/espanha/2013/04/03/familia-real-espanhola-prepara-infanta-leonor-para-o-trono
  13. «Caras | Conheça o castelo onde irá estudar a princesa Leonor de Espanha». Caras. 11 de fevereiro de 2021. Consultado em 2 de março de 2021 
  14. «Princesa Leonor vai estudar no Reino Unido nos próximos anos» 
  15. «Los diez años de Leonor: la vida normal de una niña excepcional». Vanity Fair. 30 de outubro de 2015. Consultado em 28 de abril de 2016 
  16. «Club Atletico de Madrid v FC Bayern Muenchen - UEFA Champions League Semi Final: First Leg Pictures | Getty Images». Getty Images (em inglês). Consultado em 28 de abril de 2016 
  17. «Princesa Leonor encantou em jogo da Liga dos Campeões». MoveNotícias. 28 de abril de 2016. Consultado em 28 de abril de 2016 
  18. «El Rey y la Princesa Leonor asisten al Atlético-Bayern en el Calderón». ELMUNDO. Consultado em 28 de abril de 2016 
  19. «Os looks de Leonor e Sofía». MoveNotícias. 28 de março de 2016. Consultado em 28 de abril de 2016 
  20. «Las infantas Leonor y Sofía participan en todas las ceremonias de sucesión en la Corona». HOLA. Consultado em 28 de abril de 2016 
  21. «Reis de Espanha festejam Dia Nacional com as filhas». Consultado em 14 de julho de 2015 
  22. «Princess Leonor's waxwork is unveiled in Madrid». HOLA (em inglês). 10 de outubro de 2014. Consultado em 9 de dezembro de 2020 
  23. País, El (30 de outubro de 2015). «El Rey concede el Toisón de Oro a Leonor por su décimo cumpleaños». Madrid. El País (em espanhol). ISSN 1134-6582. Consultado em 9 de dezembro de 2020 
  24. «El Rey Felipe VI concede a la Princesa de Asturias el Toisón de Oro». ELMUNDO (em espanhol). 30 de outubro de 2015. Consultado em 9 de dezembro de 2020 
  25. «BOE.es - Documento BOE-A-2015-11718». www.boe.es. Consultado em 9 de dezembro de 2020 
  26. «BOE.es - Documento BOE-A-2015-11729». www.boe.es. Consultado em 9 de dezembro de 2020 
  27. «King Felipe of Spain gives daughter Princess Leonor same honour as the Queen». HELLO! (em inglês). 30 de janeiro de 2018. Consultado em 9 de dezembro de 2020 
  28. «Princesa Leonor encantou em jogo da Liga dos Campeões». MoveNotícias. 28 de abril de 2016. Consultado em 28 de abril de 2016 
  29. Group, Global Media (31 de outubro de 2018). «Princesa Leonor faz 13 anos e estreia-se a ler a Constituição». JN 
  30. «Princesa Leonor viveu esta quarta-feira um dia histórico - MoveNotícias». MoveNotícias. 31 de outubro de 2018 
  31. Us.Hola.com. «Información y curiosidades sobre las monarquías del mundo». us.hola.com (em Spanish). Consultado em 9 de dezembro de 2020 
  32. «De rojo y con un discreto maquillaje: Leonor brilla en los Premios Princesa de Girona». abc (em espanhol). 4 de novembro de 2019. Consultado em 9 de dezembro de 2020 
  33. «El Rey Felipe VI concede a la Princesa de Asturias el Toisón de Oro». ELMUNDO. Consultado em 28 de abril de 2016 
  34. «Casa de Su Majestad el Rey de España - Actividades y Agenda - Acto de imposición del Collar de la insigne Orden del Toisón de Oro a Su Alteza Real la Princesa de Asturias». www.casareal.es (em espanhol). Consultado em 30 de janeiro de 2018  line feed character character in |titulo= at position 60 (ajuda)
Leonor, Princesa das Astúrias
Casa de Bourbon
31 de outubro de 2005
Precedido por:
Filipe VI
Coat of Arms of Leonor, Princess of Asturias.svg

Princesa de Astúrias
Princesa de Viana

2014 - presente
Sucedido por:
-
Coat of Arms of the Spanish Heir apparent as Prince of Girona.svg

Princesa de Girona
Duquesa de Montblanc
Condessa de Cervera
Senhora de Balaguer

2014 - presente
Precedido por:
-
Linha de sucessão ao trono espanhol
1ª posição
2014 - presente
Sucedido por:
Infanta Sofia