Prémios Princesa das Astúrias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Entrada do Teatro Campoamor durante a edição de entrega dos prémios em 2005
Emblem of the Princess of Asturias Foundation.svg

Os Prémios Princesa das Astúrias (pt) ou Prêmios Princesa das Astúrias (pt-BR) (em castelhano: Premios Princesa de Asturias , em asturiano: Premios Princesa d'Asturies ), denominados entre 1981 e 2014 Prémios Príncipe das Astúrias, são uma série de prémios anuais atribuídos em Espanha pela Fundação Princesa das Astúrias (anteriormente denominada Fundação Príncipe das Astúrias) a pessoas, entidades ou organizações de qualquer parte do mundo que tenham alcançado feitos notáveis nas áreas das ciências, humanidades ou vida pública.

O prémio foi instituído em 24 de setembro de 1980 pelo então Filipe, Príncipe das Astúrias, herdeiro ao trono de Espanha, com o objetivo de "consolidar a ligação entre o principado e o Príncipe das Astúrias e de contribuir para encorajar e promover os valores científicos, culturais e humanistas que são parte da herança universal da humanidade."[1] Os prémios são atribuídos no Teatro Campoamor em Oviedo, capital do Principado das Astúrias. Aos galardoados é oferecida uma escultura do artista espanhol Joan Miró, criada especificamente para a cerimónia.

Com a ascensão ao trono de Felipe VI como rei de Espanha, em 19 de junho de 2014, a fundação e os prémios foram renomeados para "Prémios Princesa das Astúrias", de acordo com o género da nova herdeira ao trono espanhol, Leonor, Princesa das Astúrias.[2] As cerimónias continuarão a ser presididas pelo rei Filipe até a princesa ter idade suficiente para assumir a função.

Laureados[3][editar | editar código-fonte]

Artes[editar | editar código-fonte]

Comunicação e Humanidades[editar | editar código-fonte]

Cooperação Internacional[editar | editar código-fonte]

Letras[editar | editar código-fonte]

Ciências Sociais[editar | editar código-fonte]

Desporto[editar | editar código-fonte]

Investigação Científica e Técnica[editar | editar código-fonte]

Concórdia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Princess of Asturias Foundation». Consultado em 18 de junho de 2015 
  2. l «Felipe VI: "Quedan convocados por primera vez los premios "Princesa de Asturias"» Verifique valor |url= (ajuda). Consultado em 25 de outubro de 2014 [ligação inativa]
  3. «Princess of Asturias Awards Laureates / Full list awards» (em inglês). Fundação Princesa das Astúrias. Consultado em 27 de dezembro de 2015. Cópia arquivada em 26 de junho de 2015 
  4. «Anúncio Oficial». Consultado em 1 de junho de 2011. Arquivado do original em 4 de junho de 2011 
  5. «Anthony Giddens». Consultado em 23 de Abril de 2012 
  6. «Anúncio Oficial». Consultado em 11 de maio de 2011. Arquivado do original em 3 de julho de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]