Maryana Iskander

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Maryana Iskander
Maryana Iskander em 2017
Nascimento Cairo
Cidadania Egito, Estados Unidos
Alma mater
Ocupação executivo de negócios, advogado, diretora executiva, social entrepreneur
Prêmios
Empregador United States Court of Appeals for the Seventh Circuit, Federação de Paternidade Planejada da América, W. L. Gore & Associates, Cravath, Swaine & Moore, Harambee Youth Employment Accelerator, Fundação Wikimedia

Maryana Iskander é uma empreendedora social americana nascida no Egito e ganhadora do prêmio Skoll. Ela é a CEO da Harambee Youth Employment Accelerator, uma importante ONG sul-africana. Em setembro de 2021, ela foi nomeada CEO da Wikimedia Foundation.[1]

Infância e educação[editar | editar código-fonte]

Maryana Iskander nasceu no Cairo, Egito, onde morou até emigrar para os Estados Unidos com sua família aos quatro anos de idade. Sua família se estabeleceu em Round Rock, Texas.[2] Iskander se formou na Rice University magna cum laude com um diploma em sociologia antes de completar seu mestrado na Universidade de Oxford como Rhodes Scholar, onde fundou a Rhodes Association of Women. Em 2003, ela se formou na Escola de Direito de Yale.[2]

Vida profissional[editar | editar código-fonte]

Depois de se formar em Oxford, Iskander começou sua carreira como associada na McKinsey and Co. Após sua graduação na Escola de Direito de Yale, Iskander auxiliou Diane P. Wood no Tribunal de Apelações federal em Chicago, Illinois. Ela então serviu como conselheira do presidente da Rice University, David Leebron . Depois de dois anos, Iskander deixou seu emprego na Rice para assumir o cargo de Diretora Operacional da Federação de Paternidade Planejada da América em Nova York. Ela também atuou como consultora de estratégia para WL Gore & Associates e assessora jurídica na Cravath, Swaine & Moore em Nova York e Vinson & Elkins em Houston.[3]

Harambee Youth Employment Accelerator[editar | editar código-fonte]

Após seu tempo na Federação de Paternidade Planejada, Iskander começou a trabalhar em 2012 como diretora operacional da Harambee Youth Employment Accelerator na África do Sul antes de se tornar diretora executiva em 2013, sua função atual. Durante seu tempo como CEO, Harambee apresentou 100.000 jovens trabalhadores a oportunidades de trabalho em parceria com 500 empresas até junho de 2019.[4]

Premiações[editar | editar código-fonte]

Maryana Iskander recebeu vários prêmios e bolsas de estudo notáveis. Isso inclui o Prêmio Skoll de Empreendedorismo Social e o Prêmio Alumnae Distinto da Escola de Direito de Yale.[5] Em 2002, ela recebeu o prêmio Paul & Daisy Soros Fellowship for New Americans,[6] que é concedido a imigrantes ou filhos de imigrantes "que estão prestes a fazer contribuições significativas para a sociedade, cultura ou campo acadêmico dos Estados Unidos".[2] Ela foi premiada com uma bolsa Rhodes e bolsa Harry S. Truman. Ela também foi membro da classe de 2006 de Henry Crown Fellows no Aspen Institute, e de sua Aspen Global Leadership Network.[7] A organização e sua liderança foram reconhecidas com prêmios e financiamento de organizações como a Skoll Foundation[8] e a USAID.[9]

Publicações[editar | editar código-fonte]

Iskander publicou dois artigos nas revistas jurídicas de Yale, “Why Legal Education is Failing Women” e “Methodology Matters”. Ela também foi mencionada em dois livros, View from the Top, de Michael Lindsay, e Make Trouble, de Cecile Richards . Ela também teve artigos publicados no Portal da África[10] e no South African Daily Maverick.[11]

Referências

  1. «Wikimedia Foundation Appoints Maryana Iskander as Chief Executive Officer». Wikimedia Foundation (em inglês). 14 de setembro de 2021. Consultado em 14 de setembro de 2021 
  2. a b c «Maryana F. Iskander, 2001». Paul & Daisy Soros Fellowships for New Americans. P'unk Ave. Consultado em 25 de fevereiro de 2020 
  3. «About Our Team». Harambee. Consultado em 26 de fevereiro de 2020 
  4. «Youth-owned township businesses complain of market access barriers». IOL. Independent Media and affiliated. Consultado em 26 de fevereiro de 2020 
  5. Edwards, Caryn. «Yale honours CEO of South African youth employment accelerator». The South African. Blue Sky Publications Ltd. Consultado em 26 de fevereiro de 2020 
  6. «Maryana Iskander». University of Arkansas Clinton School of Public Service Speaker Series. Clinton School. Consultado em 26 de fevereiro de 2020 
  7. «Maryana Iskander». AGLN. The Aspen Institute. Consultado em 25 de fevereiro de 2020 
  8. «Skoll Awardees». Skoll Foundation. Skoll Foundation. Consultado em 18 de março de 2020 
  9. «USAID ANNOUNCES $18.4 MILLION IN SUPPORT OF CUTTING EDGE INNOVATIONS». USAID. USAID. Consultado em 18 de março de 2020 
  10. «It's not just about skills, it's about employability». Africa Portal. South African Institute of International Affairs. Consultado em 25 de fevereiro de 2020 
  11. «Maryana Iskander». Daily Maverick. Daily Maverick. Consultado em 25 de fevereiro de 2020