Wikimedista do Ano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Wikimedista do Ano
Jimmy Wales em 2013 na Wikimania
Descrição Prêmio sobre grandes realizações no Movimento Wikimedia.
Organização Wikimedia
Apresentação Jimmy Wales
Local Tradicionalmente apresentado no Wikimedia
Primeira cerimónia 2011
Detentor Sandister Tei

O Wikimedista do Ano é um prêmio anual que homenageia os editores da Wikipédia e outros colaboradores dos projetos da Wikimedia para destacar as principais realizações do movimento Wikimedia, estabelecido em agosto de 2011 pelo co-fundador da Wikipedia, Jimmy Wales. Wales seleciona os destinatários e os homenageia na Wikimania, uma conferência anual da Fundação Wikimedia - exceto em 2020, quando o destinatário foi anunciado em uma reunião virtual como consequência da pandemia de COVID-19.[1] De 2011 a 2017, o prêmio foi intitulado Wikipedista do Ano.[2]

Em 2011, o primeiro título foi dado a Rauan Kenzhekhanuly por seu trabalho na Wikipédia em cazaque. No ano seguinte, foi concedido a um editor identificado como "Demmy" por criar um robô para traduzir 15 000 artigos curtos em inglês para o iorubá, uma língua falada na Nigéria. Em 2013, Rémi Mathis, da Wikimédia France e da Wikipédia em francês foi nomeado por seu papel em um conflito em um artigo. Em 2014, o prêmio foi concedido postumamente ao jornalista ucraniano Ihor Kostenko, que promoveu ativamente a Wikipédia em ucraniano em sites de redes sociais e foi morto durante um protesto. Wales nomeou um destinatário não revelado em 2015 e espera algum dia contar sua história. Em 2016, o primeiro prêmio conjunto foi entregue a Emily Temple-Wood e Rosie Stephenson-Goodknight por seus esforços para combater o assédio na Wikipedia e aumentar o conteúdo de mulheres. Outros destinatários incluem Felix Nartey, Farhad Fatkullin, Emna Mizouni e Sandister Tei.

Além do prêmio principal, Susanna Mkrtchyan e Satdeep Gill foram os primeiros a receber menções honrosas em 2015. Desde então, foram conferidas sete menções honrosas.

Recipientes[editar | editar código-fonte]

Lista de vencedores do Wikimedista do Ano
Ano Imagem Recipiente Principal projeto Notas
2011 Rauan Kenzhekhanuly-3 (cropped).jpg Rauan Kenzhekhanuly Wikipédia em cazaque Kenzhekhanuly foi premiado por recrutar uma comunidade que melhorou a Wikipédia em cazaque, aumentando de 4 para 200 editores ativos, e aumentando o número de artigos criados, chegando a 130 000 artigos.[3][4][2]
2012
"Demmy" Wikipédia em iorubá Demmy criou um bot para traduzir 15 000 artigos da Wikipédia anglófona para a língua iorubá, um dos idiomas da Nigéria.[5][2]
2013 Rémi Mathis - AG WMFR 2012-05-26 (cropped).jpg Rémi Mathis Wikipédia em francês Remí Mathis recebeu seu prêmio por sua atuação no artigo Estação militar de rádio em Pierre-sur-Haute na Wikipédia em francês.[6]
2014 Ihor Kostenko 1 face.jpg Ihor Kostenko Wikipédia em ucraniano Kostenko, um ativista dos protestos Euromaidan, era um editor na Wikipédia em ucraniano que ativamente promovia a Wikipédia nas redes sociais. Ele foi encontrado morto durante os protestos do dia 20 de fevereiro de 2014 e recebeu o prêmio postumamente.[6][7][8][9]
2015
Usuário anônimo Wikimedia Commons Jimmy Wales premiou um editor anônimo da Venezuela que foi exilado por compartilhar fotografias de protestos contra o governo na Wikimedia Commons.[10]
2016 Keilana portrait (cropped).jpeg Emily Temple-Wood Wikipédia em inglês A primeira vez que o prêmio é dado para mais de uma pessoa, Emily e Rosie receberam o prêmio por seus esforços em combater assédio na Wikipédia e de criarem artigos sobre mulheres notáveis. Emily criou quase 400 artigos, e melhorou milhares de outros artigos, especialmente sobre mulheres cientistas, LGBT e saúde das mulheres. Rosie melhorou mais de 3.000 artigos, e co-criando vários grupos para aumentar o número de editoras mulheres e artigos sobre mulheres, como o WikiProject:Women, WikiProject Women in Red e um grupo de usuárias.[6]
Rosie Stephenson-Goodknight (cropped).jpg Rosie Stephenson-Goodknight Wikipédia em inglês
2017 Felix Nartey Wiki Indaba 2017 (cropped).jpg Felix Nartey Wikipédia em inglês Nartey adicionou artigos sobre seu país, Gana, e promove eventos sobre a importância da Wikipédia.[11][12][13]
2018 Farkhad Fatkullin (cropped).jpg Farkhad Fatkullin Wikipédia em tártaro Farkhad, além de participar da Wikipédia em sua língua nativa, a língua tártara, também organiza comunidades em outros idiomas de minorias na Rússia. Por ser fluente em inglês, Farkhad ajudou a conectar a comunidade da Wikipédia em tártaro com a comunidade da Wikipédia em inglês.[14][15]
2019 Emna Mizouni-4 (cropped).jpg Emna Mizouni Wikipédia em árabe Em 2013, Mizouni, juntamente com outras pessoas, fundou a Carthagina, uma organização não governamental em Túnis que atua na conscientização sobre a história e o patrimônio da Tunísia. Ela começou a contribuir para os projetos da Wikimedia em 2013 com o Wiki Loves Monuments daquele ano. Ela ajudou a organizar várias conferências importantes da Wikimedia, incluindo a conferência WikiArabia inaugural, e co-presidiu o comitê de programa do Wikimania 2018. Em 2016, ela entrou para o Comitê de Afiliações e, em 2018, tornou-se vice-presidente do mesmo.[16]
2020 Wikimedia Summit 2019 - Portrait Sandister Tei (1).jpg Sandister Tei Wikipédia em inglês Sandister Tei contribuiu ativamente para os artigos da Wikipedia sobre o impacto da pandemia de COVID-19 em Gana.[1]

Menções honrosas[editar | editar código-fonte]

Menções honrosas
Ano Imagem Recipiente Principal projeto Notas
2015 Moment of 1st day of wiki-program at IT BILER FORUM 2019 05 (cropped).jpg Susanna Mkrtchyan Wikipédia em arménio Por atividades fora da Wikipédia ("off-wiki") incluindo uma campanha de edição na Wikipédia em armênio, e uma atividade em um acampamento de jovens.[10]
Satdeep Gill at Wikimania 2016 (cropped) 1.jpg Satdeep Gill Wikipédia em punjabi Os esforços de Satdeep Gill encorajou as pessoas de sua universidade a editarem a Wikipédia em punjabi, tornando essa versão da Wikipédia a que mais cresceu em 2015 de todas as línguas indianas.[10]
2016 2017-11-04 Stockholm, Diversity Conference, Mardetanha (freddy2001) (cropped).jpg Mardetanha Wikipédia em persa Mardetanha criou a versão persa da The Wikipedia Library.[6]
Vassia Atanassova (cropped) 1.jpg Vassia Atanassova Wikipédia em búlgaro Estabeleceu a competição "#100wikidays", desafiando editores a criar um artigo por dia durante cem dias.[6]
2017
Diego Gómez
Estudante colombiano que foi processado por violações de copyright após compartilhar um artigo acadêmico on-line. Ele foi absolvido pela justiça colombiana.[13]
2018 Nahid Sultan at Wikimania 2018 (03) (cropped).jpg Nahid Sultan Wikipédia em bengali Nahid Sultan é uma importante figura para o movimento da Wikimedia no Bangladesh, que lida com dificuldades legislativas para receber financiamento da Fundação Wikimedia. Nahid Sultan também é um membro global da Wikimedia, agindo como steward e um membro da OTRS da Wikimedia Commons. Além disso, ele co-gerencia várias contas em redes sociais pela Wikipedia, como a página no Facebook da Wikimedia Commons.[14]
Jess Wade - 2017 (cropped).jpg Dra. Jess Wade Wikipédia em inglês Jessica Wade ficou famosa após várias publicações, como o The Guardian e a CNN, noticiarem que Wade já havia criado, em apenas um ano, 270 artigos na Wikipédia sobre mulheres notáveis envolvidas com a ciência.[17][18][19]

Notas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Quist, Ebenezer (16 de outubro de 2020). «Ghanaian lady awarded by Wikipedia as its worldwide best worker for 2020» (em inglês). Yen.com.gh. Consultado em 9 de novembro de 2020. Cópia arquivada em 9 de novembro de 2020 
  2. a b c Morris, Kevin (26 de abril de 2013). «Winners of Wikipedia's biggest award still haven't received prize money». The Daily Dot (em inglês). Consultado em 24 de junho de 2016 
  3. Davis, LiAnna (5 de Julho de 2012). «Class assignment inspired Wikipedian of the Year to grow Kazakh Wikipedia» (em inglês). Consultado em 20 de Agosto de 2018 
  4. Davis, LiAnna (31 de maio de 2018). «First Ever "Wikipedian of the Year" Motivated by HKS Course». Harvard Kennedy School (em inglês). John F. Kennedy School of Government. Consultado em 24 de julho de 2014. Cópia arquivada em 22 de agosto de 2014 
  5. «Wikimania 2012 tackles diversity issues» (em inglês). Wikinews. 14 de Julho de 2012 
  6. a b c d e Erhart, Ed (24 de junho de 2016). «Jimmy Wales names Emily Temple-Wood and Rosie Stephenson-Goodknight as Wikipedians of the Year» (em inglês). Wikimedia Foundation. Consultado em 20 de Agosto de 2018 
  7. Ukraine Today (14 de setembro de 2014). «Ukraine Today: Ihor Kostenko given posthumous annual award (VIDEO)». Kyiv Post (em inglês). Consultado em 24 de junho de 2016 
  8. Savchuk, Iryna (15 de agosto de 2014). «Ukrainian from the Heavenly Hundred becomes Wikipedian of the Year» (em inglês). KyivPost. Consultado em 20 de maio de 2017 
  9. Kozlenko, Mykola (23 de fevereiro de 2014). «На Майдані загинув вікіпедист Ігор Костенко» (em ucraniano). Wikimedia Ukraine. Consultado em 20 de maio de 2017. Arquivado do original em 22 de dezembro de 2014 
  10. a b c Sutherland, Joe (31 de julho de 2015). «2015 Wikipedians of the Year unveiled in Mexico». Wikimedia Blog. Wikimedia Foundation. Consultado em 20 de Agosto de 2018 
  11. Mizrahi, Ruby (11 de janeiro de 2017). «Writing Ghana into Wikipedia: Felix Nartey». Wikimedia Blog. Wikimedia Foundation. Consultado em 15 de agosto de 2017 
  12. Elsharbaty, Samir (16 de janeiro de 2017). «Felix Nartey named Wikimedian of the Year for 2017». Wikimedia Blog (em inglês). Wikimedia Foundation. Consultado em 20 de Agosto de 2018 
  13. a b Wikimania 2017 Closing Ceremony (em inglês). 17 de Agosto de 2017 
  14. a b Wikimania 2018 Closing Session (em inglês). 22 de Julho de 2018 
  15. «Татарстанец Фархад Фаткуллин стал». Tatar-inform (em russo). Consultado em 7 de junho de 2020. Cópia arquivada em 29 de junho de 2020 
  16. Nadiya, Jennene (17 de outubro de 2019). «Emna Mizouni, première femme arabe à obtenir le prix "Wikimédienne de l'année"». Tunisie Haut Debit (em francês). Consultado em 28 de maio de 2020. Cópia arquivada em 28 de maio de 2020 
  17. Samir Elsharbaty (27 de Julho de 2018). «Farkhad Fatkullin named Wikimedian of the Year for 2018» (em inglês). Wikimedia Foundation. Consultado em 20 de Agosto de 2018 
  18. Hannah Devlin (24 de Julho de 2018). «Academic writes 270 Wikipedia pages in a year to get female scientists noticed» (em inglês). The Guardian. Consultado em 4 de Agosto de 2018 
  19. Christina Zdanowicz (27 de Julho de 2018). «A physicist is writing one Wikipedia entry a day to recognize women in science» (em inglês). CNN. Consultado em 4 de Agosto de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]