Wiki Loves Monuments

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Se procura página de documentação e participação do concurso, veja Wikipédia:Wiki Loves Monuments.
Wiki Loves Monuments
Wiki Loves Monuments
Primeira edição 2010
Edição atual 2022
Período Setembro
Local(is) Global
Gênero Concurso fotográfico
Página oficial www.wikilovesmonuments.org/

Wiki Loves Monuments é um concurso fotográfico realizado anualmente, organizado por voluntários da comunidade da Wikimedia, e focado no património edificado e monumentos históricos dos países e regiões participantes. As fotos participantes são carregadas no Wikimedia Commons. As fotos carregadas podem, então, ser utilizadas em outros projetos da Wikimedia, como a Wikipédia.[1]

A primeira edição do concurso ocorreu em 2010, nos Países Baixos. Segundo o Livro Guinness dos Recordes, a edição de 2011, decorrente a nível europeu, foi o maior concurso fotográfico do mundo.[2] A edição de 2012 contou com a participação de 35 países, de todo o mundo.

História[editar | editar código-fonte]

O Wiki Loves Monuments é o sucessor do Wiki Loves Art, que ocorreu nos Países Baixos em 2009. O concurso para Rijksmonuments (holandês para monumentos nacionais) encorajava fotógrafos a buscar Patrimônios Nacionais Holandeses. Os Rijksmonuments incluem edifícios e objetos de interesse geral reconhecidos por sua beleza e/ou importância cultural e científica. Tais monumentos, como os x, o Palácio Noordeinde e as casas ao longo do canal de Amsterdã foram alguns dos monumentos que compõem as mais de 12.500 fotografias submetidas durante o primeiro evento.[3]

O sucesso gerou interesse de outros países europeus e através de uma colaboração com o European Heritage Days e a ajuda de capítulos Wikimedia locais 18 países participaram da competição em 2011, carregando quase 170 mil imagens.[4] O Guinness World Records reconhece a edição de 2011 do Wiki Loves Monuments como a maior competição fotográfica do mundo com 168,208 fotografias carregadas ao Wikimedia Commons por mais de 5 participantes. Uma fotografia da Romênia ganhou o primeiro prêmio internacional aquele ano.

Fotografias vencedoras[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

Fotografia Ano Fotógrafo(a) Monumento Local
Igreja Sao Francisco de Assis -Mariana MG.jpg WLM Brasil 2015 Andre Yabiku Igreja de São Francisco de Assis Mariana, Minas Gerais
Palácio do Planalto GGFD8938.jpg WLM Brasil 2016 Gastão guedes Palácio do Planalto Brasília, Distrito Federal
Pôr do sol em Ouro Preto.jpg WLM Brasil 2017 Plínio Daniel Lins Brandão Veas Centro histórico de Ouro Preto Ouro Preto, Minas Gerais
Yd0011 009 edit (Jorge Sato).jpg WLM Brasil 2018 Jorge Sato Cristo Redentor Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Beautiful Sunset in Lapa 1.jpg WLM Brasil 2019 Donatas Dabravolskas Aqueduto da Carioca Rio de Janeiro, Rio de Janeiro
Museu da República 1.jpg WLM Brasil 2020 Francisco Saldanha Museu Nacional da República Brasília, Distrito Federal
Carlos DA 2.jpg WLM Brasil 2021 Donatas Dabravolskas Monumento a Carlos Drummond Andrade Rio de Janeiro, Rio de Janeiro

Portugal[editar | editar código-fonte]

Fotografia Ano Fotógrafo(a) Monumento Local
Alameda de pedra.jpg WLM Portugal 2011 João Martinho Ruínas da Igreja do Carmo Lisboa, Distrito de Lisboa
Elevador da Bica from up station.jpg WLM Portugal 2018 Pedro J Pacheco Elevador da Bica Lisboa, Distrito de Lisboa
Padrão dos Descobrimentos por Rodrigo Tetsuo Argenton.jpg WLM Portugal 2019 Rodrigo Tetsuo Argenton Padrão dos Descobrimentos Lisboa, Distrito de Lisboa
Arcadas do Convento do Carmo.jpg WLM Portugal 2020 José Manuel Costa Convento do Carmo Lisboa, Distrito de Lisboa
Ponte de D. Luís 2.jpg WLM Portugal 2021 T meltzer Ponte de D. Luís Vila Nova de Gaia, Distrito do Porto

Referências

  1. Fugas. «Vamos fotografar Portugal: Wiki Loves Monuments». PÚBLICO. Consultado em 6 de setembro de 2019 
  2. Guinness World Records, Largest photography competition, 2012.
  3. Malbos, Virginie (9 de setembro de 2011). «Le monumental concours de Wikimédia» (em francês). Libération. Consultado em 18 de abril de 2022 
  4. «Bologna su 'Wiki loves monuments' La raccolta delle foto più belle» (em italiano). Il Resto del Carlino. 11 de agosto de 2012. Consultado em 18 de abril de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]