Arte+Feminismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Arte+Feminismo
Art+Feminism
Primeira edição 2014
Edição atual 2018
Período 5 anos
Local(is) Global
Gênero Edit-a-thon
Idealizado por Siân Evans, Jacqueline Mabey, Michael Mandiberg, e Laurel Ptak
Página oficial https://www.artandfeminism.org
Gravação de uma intervenção artística, projetada em um prédio no Rio de Janeiro, que abordou o viés de gênero na Wikipédia e mostrou o verbete Enciclopédia sendo editado para atender aos critérios de igualdade de gênero e cita o projeto Art+Feminism

Arte+Feminismo, ou Arte e Feminismo, é uma maratona de edição anual global que tem como objetivo editar conteúdo sobre artistas mulheres na Wikipédia. O projeto, fundado por Siân Evans, Jacqueline Mabey, Michael Mandiberg, e Laurel Ptak,[1] foi descrito como "um esforço multinacional maciço para corrigir o preconceito persistente na Wikipédia, que é editada desproporcionalmente por e sobre homens".[2][3][4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Ghorashi, Hannah (10 de março de 2015). «Art+Feminism's 2015 Wikipedia Edit-a-thon Adds 334 Articles on Female Artists» (em inglês). ARTNEWS. Consultado em 29 de janeiro de 2018 
  2. Cembalest, Robin (6 de fevereiro de 2014). «101 Women Artists Who Got Wikipedia Pages This Week» (em inglês). ARTNEWS. Consultado em 29 de janeiro de 2018 
  3. Capelhuchnik, Laura (9 de Março de 2018). «A iniciativa que quer enfrentar a sub-representação feminina na Wikipedia». Nexo Jornal. Consultado em 13 de Outubro de 2018 
  4. «Campanha promove edição em massa na Wikipédia para incluir verbetes de mulheres, artistas e grupos feministas». Hypeness. Consultado em 13 de Outubro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Site oficial