Yann LeCun

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Yann LeCun
Nascimento 8 de julho de 1960 (60 anos)
Soisy-sous-Montmorency
Cidadania França
Alma mater Universidade Pierre e Marie Curie, Universidade de Toronto
Ocupação cientista da computação, engenheiro de software, engenheiro eletricista, pesquisador de inteligência artificial
Prêmios Prêmio Harold Pender, Prêmio Turing
Empregador Facebook, Inc., Universidade de Nova Iorque, Bell Labs, Collège de France, Instituto Politécnico da Universidade de Nova Iorque
Religião ateísmo
Página oficial
http://yann.lecun.com

Yann LeCun (8 de julho de 1960) é um cientista da computação francês, que trabalha principalmente nas áreas de aprendizado de máquina, visão computacional, robótica móvel e neurociência computacional. É Silver Professor do Instituto Courant de Ciências Matemáticas da Universidade de Nova Iorque e vice-presidente e chefe cientista de inteligência artificial (AI) no Facebook.[1][2]

Em março de 2019 recebeu o Prêmio Turing de 2018, compartilhado com Yoshua Bengio e Geoffrey Hinton.[3]

Referências

  1. «Artificial-intelligence pioneers win $1 million Turing Award». Washington Post (em inglês) 
  2. Metz, Cade (27 de março de 2019). «Turing Award Won by 3 Pioneers in Artificial Intelligence». The New York Times 
  3. Metz, Cade (27 de março de 2019). «Turing Award Won by 3 Pioneers in Artificial Intelligence». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 21 de junho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
John LeRoy Hennessy e David A. Patterson
Prêmio Turing
2018
com Yoshua Bengio e Geoffrey Hinton
Sucedido por
Edwin Catmull e Pat Hanrahan