Martin Hellman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Martin Hellman
Conhecido(a) por Diffie-Hellman
Nascimento 2 de outubro de 1945 (71 anos)
Nova Iorque
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Prêmios Prêmio Paris Kanellakis (1996), Medalha Richard W. Hamming (2010), Prêmio Turing (2015)
Campo(s) Criptografia

Martin Edward Hellman (Nova Iorque, 2 de outubro de 1945) é um criptógrafo estadunidense.

Conhecido por sua invenção do Diffie-Hellman, um método de criptografia desenvolvido em cooperação com Whitfield Diffie e Ralph Merkle. Hellman descreve sua invenção da criptografia de chave pública com os colaboradores Whitfield Diffie e Ralph Merkle na Universidade de Stanford na metade da década de 1970. Também relata seu subsequente trabalho em criptografia com Stephen Pohlig (o algoritmo de Pohlig–Hellman) e outros. Hellman comenta sobre os esforços da Agência de Segurança Nacional para conter e desencorajar o trabalho acadêmico na área, as restrições do Departamento de Comércio à exportação de informação criptografada e o chip Clipper. Também cita a comercialização de criptografia com a RSA Data Security, Inc. e a VeriSign. Ele foi um dos que assinaram uma petição para o presidente Barack Obama em 2015 para que o Governo Federal dos Estados Unidos fizesse um pacto de desarmamento nuclear e de não-agressão.[1][2]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Michael Stonebraker
Prêmio Turing
2015
com Whitfield Diffie
Sucedido por
Tim Berners-Lee


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. 29 top US scientists pen letter to Obama on ‘unprecedented’ Iran deal Russia Today, 9 de agosto de 2015
  2. Dear Mr. President