Adelaida Muñiz y Más

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Adelaida Muñiz y Más
Nascimento Século XIX
Morte 2 de outubro de 1906
Málaga
Cidadania Espanha
Ocupação dramaturgo, poetisa, jornalista, pianista, escritora

Adelaida Muñiz y Más (f. 1906) foi uma escritora espanhola.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascida no século XIX, foi colaboradora da Revista Teatral (Cádiz, 1898). Segundo Julio Cejador e Frauca ter-se-ia dado a conhecer como dramática em Madrid. Depois disto, criaria muitas obras. Faleceu na cidade andaluza de Málaga o 2 de outubro de 1906, ainda jovem.[1][2]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Mudança de cartas (1877).
  • Carmela, paródia (1890).
  • Mancha herdada, drama (estreada a 27 de abril de 1892 no Teatro da Zarzuela).
  • A herança de Tenorio, comédia (estreada em novembro de 1892 no Teatro do Príncipe Alfonso).[3]
  • Nada, comédia (1895).
  • Vermelha e gualda (1897).
  • Maruja.

Referências