Adriano Antero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adriano Antero
Nascimento 1846
Cárquere, Portugal
Morte 1934 (88 anos)
Nacionalidade Portugal Português
Ocupação Escritor e advogado

Adriano Antero Sousa Pinto (Cárquere, Resende, 18461934) foi um advogado e escritor português.

Obras (seleção)[editar | editar código-fonte]

  • Réprobos (1870)
  • Poema do trabalho (1870)
  • História Económica (1905)
  • Megaclês (1922)
  • Direito Aéreo (1922)
  • O Ramo d'Oliveira (1926)
  • A vida de um rapaz alegre (1927)
  • Erros Judiciários (1933)

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Grande enciclopédia portuguesa e brasileira: Ilustrada de António Correia publicada em 1936 citado na página 902.
  • Princípos de direito marítimo de Azevedo Matos publicado em 1958 citado na página 118.
  • A noite de Natal: drama em três actos de Raul Brandão, Júlio Brandão publicado em 1981 com 249 páginas citado na página 65.
  • As razões da independência de Nelson Werneck Sodré publicado em 1965 com 274 páginas citado na página 48.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.