Agarwood

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Aloes/agarwood

Agarwood ou aloeswood, é uma madeira resinosa escura e perfumada usada em incenso e perfume, sendo um dos gêneros da Aquilaria (da família das Thymelaeaceae). Sem infecção, é uma madeira normal, inodora, mas quando é infectada por bolor, a árvore produz uma resina aromática escura, chamada aloes ou ágar[1].

Na atualidade, a madeira de ágar tem o seu valor maior que o ouro e além de ser usado no setor de cosméticos e perfumaria, também é utilizado na medicina, pois é um ótimo analgésico. Uma das principais razões para o alto custo é o seu esgotamento nas florestas naturais[2].

História[editar | editar código-fonte]

Sua utilidade como aromatizante já era conhecida desde o século VI d.C., quando cidades da China e Japão utilizavam a madeira para perfumarem suas ruas. Somente no século XVI ocorreu o comercio mundial da madeira como produto de exportação, saindo de países da Ásia, principalmente de províncias onde hoje se encontra o Vietnã, para diversas rotas existentes na época[2].

Hong Kong[editar | editar código-fonte]

A agarwood infectada produz um cheiro terroso e pungente que originou o nome da cidade de Hong Kong. O porto da cidade, no período colonial, era o início da rota de exportação da madeira e por isso tinha um cheiro forte do produto, que com o tempo passou a ser conhecido por "porto perfumado", que em cantonês é "trầm hương" (romanização do cantonês; "hēunggóng")[3].

Referências

  1. The Value of Agarwood. Reflections Upon Its Use and History in South Yemen por Dinah Jung em 30 de maio de 2011 Reproduzido heiDOK em edição de 03/07/2017
  2. a b Broad, S. (1995) "Agarwood harvesting in Vietnam" TRAFFIC Bulletin 15:96
  3. A fragrância 'mais cara do que ouro': madeira infectada é cobiçada pelo aroma por Ingrid Piper da BBC Travel Reproduzido pelo Portal BOL em edição de 30/06/2017